Skip links
Avaliação médica: qual a importância antes de começar a treinar

Avaliação médica: importância antes de começar a treinar

Começar uma atividade física é um projeto de muitas pessoas. Porém, antes de começar uma ficha na academia ou mesmo de começar em algum exercício por conta própria, é necessário certificar que seu corpo está preparado, nesse momento entra em cena a avaliação médica. 

Em muitas academias, a avaliação médica é um requisito necessário para concluir o cadastro. No entanto, é comum encontrarmos casos de realização inadequada ou mesmo de desconsideração dessa etapa fundamental. 

Por isso, ao longo desse conteúdo vamos explicar todos os detalhes sobre a avaliação médica, assim, você entenderá o quão importante é para seus objetivos e para manter uma rotina de treinos sem abrir mão da saúde. 

O que você encontra nesse conteúdo sobre avaliação médica:

  • O que é uma avaliação médica. 
  •  Como funciona essa avaliação. 
  • Exames que podem ser solicitados. 
  • Qual a periodicidade da avaliação médica.
  • Importância da avaliação médica.
  • Qual médico procurar. 

O que é uma avaliação médica?

A avaliação médica é o nome dado a uma bateria de exames que deve ser realizada para assegurar que uma pessoa está apta para praticar algumas atividades, sobretudo quando falamos de atividades físicas. 

A avaliação médica também é chamada de avaliação pré-participação esportiva, ou APP e consiste em um exame para detectar a existência de doenças cardiovasculares e outras complicações que impossibilitam a prática esportiva. 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e a Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE), a realização dessa avaliação é indicada tanto para atletas que estão iniciando no esporte por lazer, quanto para atletas amadores ou profissionais. 

Essa avaliação tem o objetivo principal de evitar a morte súbita e problemas como ataques cardíacos durante a prática esportiva. A seguir, vamos entender como funciona essa avaliação, no entanto, podemos adiantar que por meio desses exames é possível identificar alterações estruturais, elétricas e funcionais do coração. 

Como funciona uma avaliação médica?

A avaliação médica é realizada de formas diferentes. No entanto, existem alguns padrões e passos necessários para que o resultado seja realmente eficiente. 

O primeiro passo dessa avaliação é a consulta médica, nesse momento, todo o histórico do paciente é levantado e apresentado ao médico responsável, assim, ele é capaz de entender o histórico familiar de doenças cardíacas e outras doenças hereditárias que podem impedir a prática de exercícios físicos, sobretudo aqueles mais intensos. 

O histórico também deve considerar sintomas que o paciente já teve ao longo da sua vida. Dores frequentes, problemas nas articulações, cirurgias, diagnósticos, todas essas informações são fundamentais nesse primeiro passo. 

O segundo passo é composto pelo exame físico do paciente. Nesse momento, a pressão é aferida e o processo de ausculta do coração e do pulmão é realizado. Esse exame é importante para que o médico consiga entender como está o funcionamento desses órgãos.

Por fim, ainda podem ser indicados outros exames complementares, a seguir, vamos apresentar os 4 que normalmente são solicitados: 

Exames solicitados durante uma avaliação médica

  1. Glicemia: esse exame serve para analisar a quantidade de glicose presente no sangue de uma pessoa. Níveis altos podem representar um quadro de hiperglicemia, por outro lado, uma quantidade baixa pode representar hipoglicemia. Esse entendimento é fundamental para ajudar a entender se o objetivo buscado no treino é adequado ao paciente. 
  2. Colesterol e triglicérides: ainda olhando para o sangue, o exame de colesterol serve para que o médico consiga saber qual o índice de gordura no sangue. Níveis demasiadamente elevados podem indicar maior probabilidade de ocorrência de hipertensão ou mesmo insuficiência cardíaca. 
  3. Eletrocardiograma (ECG) ou ecocardiograma: esses exames servem para complementar e fornecer mais dados do que o exame de ausculta realizado no consultório. O eletrocardiograma é responsável por medir o ritmo dos batimentos cardíacos para identificar sopro, arritmia, entre outros quadros cardíacos. Já o ecocardiograma oferece uma visão sobre a presença de anormalidades como tumores e cistos e ainda fornece uma visão sobre a musculatura do coração.
  4. Exame ergométrico: esse exame utiliza eletrodos para identificar o comportamento do coração durante uma atividade física. Assim, um possível desequilíbrio na oxigenação é identificado, servindo como alerta para a prática de atividades de alta intensidade. 

Quando realizar essa avaliação?

Como falamos ao longo desse conteúdo, antes de começar a treinar ou mesmo praticar alguma atividade física, essa avaliação é essencial. Esse processo é fundamental para evitar a exposição a riscos durante a realização de alguma atividade, mesmo que seja um exercício para iniciantes.

No entanto, não é somente no começo de uma prática que a avaliação médica deve ser realizada. A recomendação é que o exame seja repetido de forma anual, afinal, novos quadros podem se desenvolver e gerar complicações. 

Ademais, essa avaliação deve ser realizada sempre que algum sintoma aparecer durante a prática esportiva. Para você ter uma ideia, tonturas, dores no peito e dificuldade de respirar são os mais preocupantes e relacionados com doenças cardíacas, logo, fazer essa avaliação é uma forma de cuidar do coração.

Por que a avaliação médica é importante antes de começar a treinar?

Como falamos, a avaliação médica é o exame que fornece condições para a prática esportiva. No dia a dia, essa avaliação é importante para 3 fatores para quem está pensando em começar a treinar:

  1. Segurança sobre a saúde: por meio da avaliação médica você garante que sua estrutura cardiovascular não sofrerá complicações durante os treinos. Além disso, é fundamental entender os limites de cada pessoa. 
  2. Montagem dos treinos: a avaliação médica deve ser um dos documentos avaliados por educadores físicos na hora de montar os treinos. Os limites devem ser respeitados, assim como características presentes na rotina e no corpo de cada pessoa. Dessa forma, evita-se que um treino muito intenso seja aplicado a um indivíduo que não possui condições, inclusive, é essencial para a escolha do tipo de atividade e do tipo de esporte. 
  3. Impedir a prática de alguma atividade: embora não seja esse o objetivo, é preciso dizer que, em alguns casos, a avaliação médica serve para impedir a prática de algum exercício específico. Caso seja diagnosticada alguma doença cardíaca, por exemplo, é necessário um tratamento antes de iniciar uma sequência de treinos. 

Qual médico procurar para essa avaliação?

Essa é uma das principais questões sobre a avaliação médica. O erro de muitas pessoas é a realização desse exame sem a devida importância que merece. Inclusive, há relatos de falsas avaliações, sem a profundidade necessária para realmente averiguar todos os critérios para liberar a prática de uma atividade física. 

Por isso, você precisa entender que a avaliação médica é importante para sua saúde. Mesmo com todos os seus objetivos, sua saúde deve estar em primeiro plano e deve ser sempre lembrada. 

Buscar médicos especializados em medicina esportiva é sempre uma boa escolha. Dessa forma, entendendo seus objetivos, treinos e rotinas, será possível realizar os exames necessários para entender exatamente seu quadro antes que você comece os treinos. 

Aqui na Vicci, você encontra toda estrutura necessária para realizar a avaliação médica e contar com todo apoio médico para não ter problemas durante seus treinos. Além disso, ainda pode realizar esses exames em conjunto com outros profissionais como educadores físicos e fisioterapeutas. 

Por isso, entre em contato agora mesmo e entenda como agendar sua avaliação médica ou como marcar sua consulta com um médico especializado. 

Leave a comment