Skip links
Como evitar lesão muscular durante a prática esportiva

Como evitar lesão muscular no esporte

Se você se preocupa em como evitar lesão múscular, está no lugar certo! Praticar atividades físicas e esportes em geral é uma das principais formas de manter a saúde e prezar pela sua qualidade de vida. No entanto, infelizmente, uma rotina de atividades físicas gera o risco de lesões, principalmente afetando músculos e articulações do nosso corpo, causando a temida lesão muscular.

Nesse contexto, além de seguir uma rotina bem estabelecida de treinos, é preciso também adotar algumas estratégias para evitar lesão muscular durante a prática esportiva, bem como entender o que é necessário para tratar esses problemas. 

Ao longo desse conteúdo, você encontra dicas simples para colocar em seu dia a dia e contar com mais proteção contra a incidência de uma lesão muscular. Confira:

O que é lesão?

Uma lesão é um termo geralmente usado para descrever qualquer dano ou alteração adversa em tecidos biológicos, como a pele, músculos, ligamentos, tendões, ossos ou órgãos internos, que pode ocorrer devido a vários motivos. Lesões podem ser causadas por acidentes, traumas, uso excessivo de uma parte do corpo, exposição a substâncias nocivas, infecções, doenças, entre outros fatores.

A gravidade das lesões pode variar amplamente, desde pequenas escoriações, arranhões ou contusões até lesões graves, como fraturas ósseas, rupturas de ligamentos, queimaduras de terceiro grau ou lesões internas. O tratamento e a recuperação de uma lesão dependem de sua natureza e gravidade, e podem envolver cuidados médicos, intervenções cirúrgicas, fisioterapia, reabilitação e outros procedimentos.

A prevenção de lesões é fundamental e pode incluir a adoção de medidas de segurança. Continue lendo e saiba como  evitar lesão de mandeira eficiente.

Por que acontece uma lesão muscular?

Uma lesão muscular pode ser causada por diversos fatores e entender cada um dele é o início para aprender como evitar lesão muscular. Os mais comuns são traumas diretos na região, laceração ou isquemia, porém, durante uma prática esportiva essas lesões podem ser causadas por rupturas ou microrrupturas na estrutura muscular. 

Os principais sintomas de lesões musculares são dores, que podem ser brandas ou fortes, hematomas na região, edemas e dificuldade para movimentar o músculo lesionado. Para atletas e praticantes de atividades físicas, a ocorrência dessas lesões é uma realidade, visto que o esforço é maior. 

No entanto, a gravidade é a grande questão. Uma lesão muscular grave pode deixar um atleta afastado por um tempo considerável, enquanto lesões leves e tratadas corretamente não costumam causar efeitos e podem ser tratadas com repouso e descanso rotineiro. 

Dessa forma, separamos 7 dicas simples e práticas para adotar em sua rotina e começar agora mesmo a criar ações para evitar que uma lesão muscular afete o seu desempenho esportivo e afaste dos treinos por um bom tempo. Confira:

7 dicas prática para evitar lesão muscular

A seguir, separamos as 7 principais dicas para você adotar e em sua rotina de prática esportiva e começar a criar ações para evitar que uma lesão muscular afaste você da atividade. Confira:

1. Ter uma rotina de fortalecimento muscular

A melhor forma de criar uma rotina para reduzir as chances de uma lesão muscular é fortalecendo seus músculos. Esse processo será responsável por criar insumos para intensificar a saúde muscular, auxiliando em movimentos e evitando que lesões aconteçam. 

Exercícios de fortalecimento muscular têm como principal objetivo o fortalecimento das fibras musculares. Com isso, há uma considerável redução nas chances de lesões e também aumenta-se o condicionamento físico. 

Por fim, vale destacar que o fortalecimento muscular não depende do ganho de massa magra, visto que o foco pode ser em condicionar os músculos que uma pessoa já possui. 

2. Contar com tempo certo para repouso 

A segunda dica, talvez seja a mais simples. Trata-se de destinar o tempo certo para repouso do seu corpo. Na prática, é comum observarmos atletas que não respeitam o limite do corpo e o tempo necessário para descanso e repouso e acabam sobrecarregando a estrutura muscular. 

Esse é um dos principais responsáveis por lesões musculares, afinal, o esforço em excesso faz com que a rigidez seja um problema. Portanto, procurar um especialista e montar uma ficha de treinos que leve em consideração o repouso é fundamental para evitar esses problemas e evitar o afastamento devido à ocorrência de uma lesão muscular. 

3. Evitar o excesso de carga para reduzir lesão muscular

Já que falamos sobre o repouso e os problemas em não contar com tempo necessário para descanso muscular, é preciso falarmos também sobre um outro fator responsável por boa parte dessas lesões: o excesso de carga. 

Esse é um tipo de lesão que afeta, sobretudo, pessoas que estão começando em uma prática esportiva, principalmente, malhação. Há uma tendência ao pensamento de que quanto mais peso melhor, porém, isso não é verdade. 

Excesso de peso é um dos responsáveis por fazer com que o exercício não seja realizado corretamente, sobrecarregando a estrutura muscular e gerando lesões. Por isso, a recomendação é sempre respeitar os limites do corpo e contar com uma estratégia de aumento progessivo do peso. 

4. Ter uma alimentação saudável

Aqui em nosso Blog, já falamos diversas vezes sobre a importância de uma alimentação saudável e de um acompanhamento nutricional, principalmente para atletas e pessoas que praticam atividades físicas de forma constante. 

Um bom plano alimentar é aquele que conta com todos os nutrientes necessários para a boa saúde do corpo. Isso inclui vitaminas e outras substâncias que ajudam na recuperação celular e dão energia para a realização de atividades, sem que comprometa outras fontes do corpo. 

Nesse aspecto, a hidratação também é fundamental. A falta de água necessária no corpo aumenta o risco de uma lesão muscular, por isso, é preciso beber água e ter atenção à dieta. 

5. Fazer aquecimento e alongamentos adequados

Há um debate sobre a necessidade ou não da realização de alongamentos antes e depois de uma série de treinos. No entanto, o que ninguém pode negar é que essa prática é importante para a flexibilidade do corpo e para o relaxamento muscular após um treino intenso. 

Por isso, os alongamentos são considerados atividades leves e são recomendados para o momento após treinos, afinal, ajudam a interromper a contração e tensão das fibras musculares, gerando a sensação de relaxamento muscular e ainda atuando para amenizar dores. 

Além dos alongamentos, o trabalho de aquecimento é fundamental para evitar uma lesão muscular durante a prática esportiva. A preparação do corpo para o treino é importante, pois sinaliza que movimentos intensos serão necessários. 

Assim, esse aquecimento ajuda, tanto no aquecimento cardiovascular, quanto na lubrificação de articulações e músculos que serão muito exigidos adiantes, evitando que o corpo esteja “frio” para a prática esportiva.  

6. Usar roupas e equipamentos certos

Apesar de muita gente não acreditar, as roupas, sapatos e equipamentos também podem causar uma lesão muscular. Roupas que não proporcionam a flexibilidade e conforto necessário para a prática, podem fazer com que movimentos sejam limitados e o músculo seja forçado em excesso. 

Os calçados merecem destaque nessa dica. Sabemos que os pés são os responsáveis pela sustentação do corpo e por isso são envolvidos em boa parte das práticas esportivas. Dessa forma, é preciso garantir a utilização de calçados adequados e confortáveis para cada tipo de atividade. 

Calçados apertados ou sem a resistência necessária fazem com que o peso do corpo não seja distribuído corretamente. Esse é um fator que pode causar lesão muscular, sobretudo, em músculos na perna, focando na região da panturrilha e na coxa. 

7. Ter um acompanhamento profissional

Contar com um acompanhamento profissional é uma das melhores formas para evitar uma lesão muscular. Isso vale tanto para o auxílio de um educador físico, para ajudar na construção de treinos e para uma rotina saudável, quanto para nutricionistas e médicos focados em medicina esportiva. 

Esse acompanhamento permite a realização de exames que analisam a saúde dos músculos e conseguem informar o quão perto estão de lesões musculares. A partir desses exames é possível adotar ações para reduzir o esforço e tratar essas lesões, mesmo antes de acontecerem. 

Aqui na Vicci, você encontra um time de profissionais completo, pronto para te ajudar a evitar todo tipo de lesão muscular e fazer com que a prática da sua atividade física aconteça da forma como você espera.

Entre em contato e faça seu agendamento agora mesmo. 

Leave a comment