Skip links
Dor nas costas: como acabar com esse problema?

Dor nas costas: como acabar com esse problema?

A dor nas costas é um problema que afeta grande parte da população brasileira e boa parte das pessoas em todo mundo. Porém, isso não é um quadro normal e, caso você sinta essa dor, nesse conteúdo terá acesso a dados importantes para acabar com esse problema. 

Antes de qualquer coisa, isso não é algo que afeta apenas você. Como falamos, boa parte da população sente essas dores. Para você ter ideia, de acordo com dados levantados pela Organização da Saúde em 2019, 80% dos brasileiros sofrem com esse quadro. 

A pergunta que fica é: como lidar com a dor nas costas? Diferentemente do que muita gente fala, existem sim tratamentos efetivos que podem te ajudar a viver sem esse problema. E é justamente sobre isso que vamos falar ao longo deste artigo.

Tipos de dores nas costas

Para começarmos, é importante destacar que existem diferentes tipos de dores nas costas. Normalmente, são causas diversas que causam dores em locais diferentes, com variadas intensidades e também impactos para atividades diárias ou mesmo para outros órgãos e partes do corpo. 

A seguir, você confere os 4 tipos de dores nas costas e as suas principais características. Confira:

1. Torcicolo 

O primeiro tipo de dor nas costas é o Torcicolo. Embora muitas pessoas não associem essa dor às costas, o torcicolo é uma contratura muscular que atinge a região superior da coluna, mais precisamente na área do pescoço. 

2. Cervicalgia

Esse tipo de dor nas costas acomete a coluna cervical, na região próxima aos ombros e pescoço. Sobre essas dores, o destaque é sobre a evolução, quando não tratadas corretamente, podem evoluir e afetar a capacidade de movimentação de uma pessoa. 

3. Lombalgia

A lombalgia é um dos tipos mais tradicionais de dores nas costas. Trata-se de uma dor que afeta a parte inferior desta região, gerando a comum “dor lombar”. Os principais fatores de risco são: sedentarismo, etilismo, sobrepeso, fatores psicológicos e outros. 

4. Lordose e escoliose

A escoliose é uma deformidade da coluna caracterizada pela inclinação e rotação das vértebras. No exame de imagem a curva da escoliose pode apresentar-se em “C” ou em “S”. Essa deformidade vertebral pode gerar algumas alterações posturais na região dos ombros, quadris e escápulas. 

 

O que causa dor nas costas?

Assim como acontece com dores em várias partes do corpo, as causas podem ser diversas. Entretanto, na maioria das situações, as dores nas costas são causadas por problemas musculares, cansaço, sedentarismo, etilismo, sobrepeso, fatores psicológicos e outros.

Dores nas costas causadas por lesões musculares: como falamos, esses são os casos mais comuns. Normalmente, essas dores aparecem após atividades físicas, devido ao efeito de uma atividade rotineira ou mesmo em decorrência de pesos demasiados sobre a coluna. 

Dor nas costas por causa de lesões nas articulações: as lesões nas articulações podem acontecer no joelho, pé, braços e também nas costas de uma pessoa. Geralmente, acontecem devido a falta de condições ideais para práticas esportivas ou mesmo atividades cotidianas como carregar peso. 

Dores nas costas causadas por doenças respiratórias: o ato de respirar mobiliza grande parte do corpo humano, inclusive o exoesqueleto e toda a coluna, dessa forma, doenças e problemas respiratórios podem causar dores nas costas, sobretudo, quando são graves.

Dor nas costas devido ao cálculo renal: as temidas pedras nos rins também podem causar dores nas costas, além da região do abdômen. Essas dores são consideradas intensas e, muitas vezes, comprometem todo o movimento e podem gerar lesões musculares nessa região. 

Dores nas costas por causa de hérnia de disco: a hérnia de disco é considerada uma das principais doenças que afetam essa região. Nesse caso, o comum é a dor se concentrar no meio das costas e chegar até as costelas, os glúteos e as pernas dependendo da raiz nervosa acometida. 

Dor ciática: essa causa de dor nas costas acontece devido à compressão, inflamação ou irritação de uma ou mais raízes nervosas que nascem na medula espinhal e vão formar o nervo ciático. Normalmente, o paciente sente dor irradiada para a perna e dificuldade para sentar e para caminhar.

Dor nas costas devido à infecção urinária: por fim, pessoas que sofrem com infecção urinária também podem sentir dores nas costas. Geralmente, a inflamação causada por essa infecção afeta outras partes do corpo chegando às costas.  

 

Quando a dor nas costas é preocupante?

Até aqui, vimos alguns tipos de dores nas costas e as principais causas. Agora, chegou a hora de deixar o alerta sobre quando essas dores são realmente preocupantes. Antes de qualquer coisa, é preciso destacar que sentir dor não é algo comum, assim, sempre que esse quadro se repetir é necessário procurar um médico ou fisioterapeuta. 

Dito isso, é importante deixar claro que sedentarismo, obesidade e excesso de peso em treinamentos são ações que podem causar dores. Após uma série pesada de exercícios físicos ou depois de uma atividade física, essas dores podem aparecer, assim como é comum o caso de dores musculares em regiões como braços ou mesmo pernas. 

No entanto, quando essa dor não passa e aparece de forma contínua, é preciso acionar o sinal de alerta. Como ficou claro, alguns quadros podem apresentar a dor nas costas como sintoma, representando um diagnóstico mais complexo. 

Além disso, é preciso entender que mesmo dores leves devem ser tratadas com atenção, visto que o quadro pode evoluir para problemas como a osteoartrose que trata-se do desgaste da cartilagem articular. 

 

Como acabar com a dor nas costas?

Existem formas de aliviar essas dores e formas de tratar de forma definitiva esse problema. Quando falamos em dores musculares ou nas articulações, alternativas como bolsa de água quente no local, relaxantes musculares são opções para aliviar dores momentâneas.

Preocupar com a postura durante o dia, com a qualidade do colchão e cadeira de trabalho, com a forma de caminhar e mesmo de realizar atividades físicas também são boas práticas para lidar com dores nas costas. 

Além disso, a outra forma de lidar com as dores nas costas é por meio de um tratamento médico e fisioterápico. Quanto a isso, a única forma de obter uma orientação adequada é por meio de uma consulta. A automedicação apresenta riscos e pode agravar o quadro. 

Assim, um médico será capaz de diagnosticar, entender a causa e receitar o tratamento adequado, podendo variar entre medicação, sessões de fisioterapia ou mesmo procedimentos cirúrgicos.  

Um ponto importante é a prática de atividades físicas. Fortalecer a coluna é um procedimento fundamental para dar qualidade ao corpo e criar elementos para evitar dores. Aliada à fisioterapia, essa prática contribui para reduzir a força das dores nas costas e permite que quadros sejam tratados de forma menos invasiva, ou seja, não sendo necessário cirurgia. 

Porém, o destaque é para o acompanhamento profissional para que o excesso de peso também não seja um problema e acabe comprometendo a saúde da coluna. 

Como você viu, um dos melhores caminhos para acabar com dores nas costas é contar com a ajuda de um corpo médico composto por um ortopedista e um fisioterapeuta.

Entre em contato agora mesmo e agende seu horário para uma consulta especializada. 

Leave a comment