Skip links
Dor no ombro: como aliviar esse problema?

Como aliviar dor no ombro?

O ombro é uma das principais e mais complexas articulações do corpo humano. Contando com uma série de músculos, tendões e ossos, os ombros são os responsáveis por movimentos simples, como levantar os braços. Levando em consideração a complexidade dessa articulação, é quase certo que em algum momento da sua vida você vai sofrer com algum tipo de dor no ombro.

Dessa forma, este conteúdo se torna uma leitura indispensável, visto que vamos passar pelos detalhes mais relevantes e fazer com que você entenda o que pode causar essas dores.  

O que você encontra neste conteúdo:

  • Como funciona o ombro. 
  • Principais causas de dores nos ombros. 
  • 6 dicas simples para aliviar dores nos ombros agora mesmo. 
  • Quando é necessário procurar um médico para dores nos ombros. 

Como funciona o ombro: entendendo a anatomia dessa articulação

Antes de falarmos sobre as causas de dores, vamos passar rapidamente pela anatomia do ombro, pois será importante para entendermos as causas de lesões. 

Chamado de cintura escapular, o ombro é composto por 3 ossos: a escápula (ou omoplata), a clavícula e o úmero (osso do braço). A parte de cima  do ombro é formada por uma parte da escápula em formato de “dragona” chamado acrômio.

Além disso, existem quatro articulações verdadeiras, além da presença de uma cápsula articular, um grupo de ligamentos que ligam o úmero à glenóide. Isso é fundamental para fornecer estabilidade e garantir os movimentos do ombro. 

Principais causas de dor no ombro

São diversas as causas de dores no ombro. Podemos citar desde as mais aparentes, como pancadas diretas, ou mesmo aquelas que são provenientes de doenças e condições subjacentes. 

A seguir, vamos explicar algumas com detalhes, confira:

Bursite 

Quando falamos em dores no ombro, a bursite é sempre uma das causas mais comuns. Acontece devido por causa da inflamação da bursa, que são pequenos sacos cheios de líquido localizados nas articulações, servindo como proteção para tendões e os músculos durante a realização de movimentos. 

A bursite pode ser causada pelo uso excessivo do ombro, sendo mais comum em pessoas que fazem atividades repetitivas com o braço, como atividades manuais ou esportivas, como por exemplo esportes como vôlei e tênis. 

A bursite é caracterizada por dores agudas na parte superior ou frontal do ombro, que pioram à medida que é exigido movimento do ombro, mesmo que de forma leve. 

Tendinite

Essas dores são causadas por inflamações dos tendões do ombro. Os tendões que mais causam inflamações são os tendões do manguito rotador (supraespinal, infraespinal, subescapular e redondo menor) e o tendão da cabeça longa do bíceps.

Assim como acontece com a bursite, e tendinite acontece por conta do uso demasiado da articulação ou mesmo após um movimento brusco, principalmente quando realizado de forma inadequada. 

Sobre a bursite e tendinite, vale a pena falar que essas condições podem aparecer em conjunto, visto que a bursa e os tendões estão bem próximos. 

Osteoartrose

Esse é o tipo de artrose mais comum no ombro, que pode ser entendida como uma doença degenerativa crônica da cartilagem ou da estrutura óssea, causada pelo desgaste, muitas vezes natural, mas que também pode ser em decorrência de lesões esportivas. 

Além das dores, sintomas como inchaço no local, sensação de “areia” na articulação e estalos durante os movimentos, mesmo os mais simples, são identificados por pacientes que passam por essa condição. 

Capsulite adesiva

Essa condição é uma inflamação crônica do ombro, muito comum em pessoas com diabetes e em mulheres com mais de 40 anos, que já tiveram o braço imobilizado por um longo período. 

Fraturas e traumas

Essas dores normalmente são fáceis de serem analisadas e tratadas, afinal, acontecem após uma pancada ou batida que afeta o ombro. Em decorrência podem surgir luxações, Torções, estiramentos e fraturas de ossos, eventos que podem causar dores no ombro. 

O que fazer para aliviar a dor no ombro? 6 dicas simples

Agora que você entendeu as principais causas e motivos para sentir dor no ombro, vamos passar algumas dicas básicas que podem te ajudar a aliviar essas dores. Lembrando sempre que este conteúdo é apenas educacional, isso quer dizer que apenas um médico é capaz de fornecer um diagnóstico preciso. 

1. Aplicar compressa de água morna

A temperatura alta de uma compressa de água morna faz com que os músculos da região relaxem, reduzindo a tensão e aumentando a circulação dos ombros, aliviando as dores. 

2. Alongamentos para melhorar a dor no ombro

Alongamentos musculares dos ombros e pescoço são muito eficazes no relaxamento de toda a região e consequentemente para o alívio de dores locais. Vale destacar que essas ações não devem forçar a articulação, ou seja, ao menor sinal de desconforto devem ser interrompidas. 

3. Repouso

Como sempre falamos, o repouso é essencial, sobretudo quando olhamos para a recuperação muscular. Se essas dores aparecem de forma repentina, após levantar peso, um impacto ou se foi após executar um mesmo movimento repetitivo, o ideal é descansar a articulação. 

4. Cuide da sua postura para tratar dor no ombro

É muito importante estar atento à postura correta para prevenir ou aliviar a dor no ombro, visto que a posição em que você trabalha, sobretudo sentado, pode impactar todo seu corpo, causando dores no ombro, costas e pernas. 

Se você trabalha em frente ao computador, a atenção deve ser ainda maior por conta da posição dos braços. A dica é deixar o teclado próximo ao nível dos cotovelos, fazendo com que você não estresse na região dos ombros. 

5. Tenha atenção ao seu sono

A posição que você escolhe para dormir e o seu travesseiro são elementos relevantes para aliviar dores nos ombros. A dica de especialistas é trocar os travesseiros sempre que achar que estão sem qualidade, privilegiando um objetivo que mantenha a cabeça alinhada com o tronco. 

Com relação à posição durante o sono. A posição ideal é de lado, de modo que a coluna fique alinhada e não seja pressionada. Por isso, evite dormir de bruços, essa posição aumenta a pressão no pescoço e na coluna e, consequentemente, pode fazer com que você sinta dores ao longo do dia. 

6. Foco na hidratação e alimentação

A hidratação é importante para combater uma situação de inflamação, visto que a falta de líquidos no corpo tende a prolongar o estado inflamatório. Além disso, o que você come também impacta na condição do seu organismo e na forma de lidar com situações de estresse e dores, por isso um bom plano alimentar é sempre sugerido. 

Quando procurar um ortopedista para dor no ombro?

Em muitos casos, sobretudo aqueles que derivam de movimentos e de esforços diários, uma boa recuperação bastará para aliviar as dores. No entanto, se você está sentindo uma dor severa ou crônica no ombro, é necessário consultar um ortopedista para entender melhor a causa desse desconforto, bem como saber quais os tratamentos indicados para aliviar e tratar a causa. 

Aqui na Clínica Vicci, você encontra ajuda tanto para o diagnóstico, quanto para o tratamento e acompanhamento deste processo. Temos uma equipe completa e preparada para te atender com eficiência, possibilitando que você tenha acesso ao melhor tratamento para lidar com a dor no ombro sem abrir mão da qualidade de vida e saúde

Entre em contato

Leave a comment