Skip links
Dor no quadril: quais as principais causas e tratamentos

Dor no quadril: quais as principais causas e tratamentos

Sentir dor no quadril não é algo raro. Vários estudos mostram que o estilo de vida da nossa sociedade e as atividades realizadas atualmente faz com que boa parte dos habitantes do planeta sinta algum tipo de incômodo nesta região. 

Para tornar essa estatística mais concreta, vamos lembrar os números da Organização Mundial da Saúde, a OMS. Segundo os dados levantados em um estudo e publicados no Jornal da USP, 80% da população já teve ou terá algum tipo de dor na coluna. 

Esse número é impressionante e também preocupante, visto que não podemos normalizar essa dor. Por isso, ao longo desses conteúdos vamos falar sobre as principais causas, tratamentos e detalhes que cercam o assunto dor no quadril. Acompanhe e entenda.  

O que pode causar dor no quadril?

Antes de falarmos sobre as causas de dores no quadril, vale a pena o destaque para uma característica dessa região. Diferentemente de outras regiões como o joelho e ombros, há uma dificuldade para palpar a articulação da região do quadril, desse jeito, cabe aos detalhes passados pelo paciente e às informações de exames de imagem. 

Com isso em mente, podemos afirmar que existem vários causadores possíveis para dores no quadril. Entre eles, podemos destacar a inflamação do nervo ciático, dos tendões ou da bursa na região do quadril, como no caso da tendinite ou bursite. 

Quando estudamos a natureza das patologias relacionadas ao quadril, encontramos 2 categorias: intra-articulares (dentro da articulação do quadril) e extra-articulares (ao redor da articulação), a seguir, vamos explicar as principais:

1. Artrose do quadril

No grupo das patologias intra-articulares esse quadro ganha destaque. A artrose do quadril é definida como resultado do processo de degeneração da cartilagem da cabeça do fêmur e do acetábulo (que compreende a região da bacia onde se encaixa a cabeça do fêmur), causando inflamação. 

Essa condição é predominante em pessoas com mais de 60 anos, sendo acompanhada de sintomas como dor ao locomover, sentar ou mesmo realizar atividades rotineiras que envolvam a articulação do quadril. 

Dor no quadril: quais as principais causas e tratamentos - idade avançada

2. Tendinite

Uma das outras causas comuns de dores no quadril é a tendinite, que está no grupo das extra-articulares. Esse quadro, normalmente, causa dor na articulação do quadril que, inclusive, é acentuada à medida que a pessoa realiza atividades que demandam maior intensidade. 

Diferentemente da artrose, essa condição é mais comum em atletas que utilizam muito os tendões ao redor do quadril, afinal, tende a aparecer após uma sessão intensa de treinos e competições. 

Além disso, quando olhamos exclusivamente para a tendinite dos glúteos, são mais comuns entre mulheres que possuem 40 e 60 anos de idade.  

3. Bursite de Quadril

Uma outra causa comum de dor no quadril é a Bursite de Quadril. Caracterizada por uma dor intensa na lateral do quadril, mais precisamente no osso conhecido como trocânter maior do fêmur, piorando quando o paciente está deitado de lado. 

Na maioria das vezes, essa dor possui relação com a fraqueza da musculatura do glúteo. 

4. Impacto femoroacetabular

O Impacto Femoroacetabular, que atende pela sigla IFA, é uma patologia caracterizada pelo contato anormal e desgaste entre a cabeça do fêmur e o encaixe do quadril (acetábulo). Essa condição causa limitação da mobilidade da articulação e dor no quadril.

O IFA pode resultar de uma alteração entre a forma da articulação, de movimentos repetitivos que acabam causando a lesão ou de fatores genéticos que favoreçam o desgaste do quadril. 

5. Bursite Trocantérica

Também vale a pena citarmos a Bursite Trocantérica. Para entender melhor, estamos falando de uma bolsa que temos na protuberância óssea do bumbum. 

Dessa forma, ao sentarmos, é possível sentir o osso que fica em contato direto com a superfície. Nesse sentido, para não machucar diretamente o osso existe uma bolsa, a bursa, que é chamada de bursa isquiática.

Essas dores são comuns em pessoas que possuem menor volume de musculatura das nádegas ou que passam muito tempo sentadas, afinal, demanda maior esforço para reduzir esse atrito. 

6. Dor no quadril na gravidez

Essa é uma das dores de quadril consideradas bem específicas. 

A dor no quadril na gravidez afeta cerca de metade das grávidas e se deve ao efeito da relaxina sobre os ossos e articulações. 

Desta forma, a articulação do quadril torna-se mais solta e gera maior desconforto, sobretudo quando a gestante adota má postura durante o dia.

Para reduzir a dor no quadril na gravidez, a mulher pode utilizar uma cinta para quadril que ajuda a estabilizar a articulação e melhorar o bem-estar. Além é claro, de consultar o médico para entender sobre a situação geral da gravidez. 

7. Fraturas por estresse no quadril

Por fim, a última causa que merece destaque são as microfraturas causadas por esforços ou exercícios repetitivos e sequenciais que geram sobrecarga óssea.

O problema é mais comum em atletas e praticantes de atividades físicas de alto impacto. 

Além das dores no quadril, os sintomas da fratura por estresse também incluem inchaço e dor no quadril e na virilha, com ou sem movimento, que pioram com o tempo. 

O que fazer para aliviar a dor no quadril?

O método indicado para alívio depende da natureza da dor. Para casos em que a dor está na parte lateral, aplicar compressas quentes na região lateral do quadril e fazer exercícios de alongamento como deitar no chão e elevar o quadril podem ajudar a aliviar a dor.

Quando a dor é no nervo ciático, pode ser aliviada com massagens na região do glúteo e fundo das costas, assim como exercícios de alongamento e fortalecimento das costas.

Vale a pena lembrar que qualquer tratamento só pode ser iniciado com a prescrição médica. No caso da artrite, anti-inflamatórios, como Diclofenaco ou Ibuprofeno, e fazer sessões de fisioterapia costumam ser eficazes. 

Como é o tratamento para dores no quadril?

Da mesma forma que falamos para várias lesões, o tratamento da dor no quadril depende da patologia que está causando a dor, visto que cada quadro demanda um atendimento, um tratamento e um processo de recuperação diferente. 

Em casos mais leves, essas dores e patologias podem ser tratadas com repouso, analgésicos e algumas sessões de fisioterapia, Por outro lado, existem alguns casos mais graves, dores, crônicas e lesões mais sérias que demandam alguma atenção e intervenção cirúrgica. 

Quando é preciso se preocupar com uma dor no quadril? 

É aconselhado ir ao médico ou procurar um ortopedista quando a dor no quadril é muito forte, surge de forma repentina, impossibilita a realização de movimentos como caminhar e sentar ou demora mais de 1 mês para desaparecer.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre qual médico procurar ao sentir dor no quadril. A principal recomendação é buscar atendimento junto a um ortopedista, esse profissional é capaz de orientar quanto aos exames necessários e também a respeito do tratamento adequado.

Além disso, vale a pena procurar tratamento completo. Como falamos, sessões de fisioterapia são fundamentais para a recuperação e para o tratamento, sobretudo quando não são necessários métodos invasivos e cirurgia. 

Aqui na Vicci, você encontra toda estrutura necessária para acabar com a dor no quadril. Temos médicos e fisioterapeutas prontos para te atender e iniciar agora mesmo o tratamento necessário para acabar com essas dores. Agende seu horário agora mesmo e livre-se desse problema. 

Entre em contato

Leave a comment