Skip links
Especialista em Fisioterapia traumato ortopédica

O que é fisioterapia traumato-ortopédica e quando procurar

As lesões músculo-esqueléticas traumáticas são extremamente comuns e podem envolver uma variedade de estruturas, desde ossos e articulações, à pele e tecidos moles. Infelizmente, elas são algo que todos nós podemos sofrer um dia, seja acidentalmente ou durante atividades esportivas.  Neste artigo, vamos discutir sobre quando você precisa de um profissional da fisioterapia traumato ortopédica qualificado e  explorar como as principais técnicas dessa área podem ser usadas para tratar lesões ortopédicas e recuperar o movimento saudável.

O que é traumato ortopedia?

Traumato ortopedia é uma especialidade médica que se concentra no diagnóstico, tratamento e prevenção de lesões e doenças do sistema musculoesquelético. O sistema musculoesquelético é composto por ossos, articulações, músculos, tendões e ligamentos.

A traumato ortopedia fisioterapia é uma área importante da medicina que ajuda a melhorar a qualidade de vida de milhões de pessoas. Os médicos traumato-ortopédicos são especialistas em diagnosticar e tratar uma ampla gama de condições musculoesqueléticas, incluindo:

  • Lesões agudas, como fraturas, entorses e luxações
  • Lesões crônicas, como osteoartrite, artrite reumatoide e tendinite
  • Doenças neuromusculares, como esclerose lateral amiotrófica (ELA), paralisia cerebral e distrofia muscular
  • Doenças degenerativas, como osteoporose e sarcopenia
  • Doenças congênitas, como pé torto e displasia do quadril
  • Doença congênita

Os médicos traumato-ortopédicos podem usar uma variedade de técnicas para tratar condições musculoesqueléticas, incluindo:

O que é a fisioterapia traumato-ortopédica?

O foco dessa área da fisioterapia é a reabilitação e o recondicionamento, bem como o estabelecimento de padrões de movimentos mais saudáveis e o desenvolvimento de uma melhor resistência à lesão com o objetivo de restaurar e manter a função musculoesquelética.

A fisioterapia ortopédica é a área da fisioterapia em traumato ortopedia que trata especificamente das lesões músculo-esqueléticas traumáticas como:

O tratamento ideal para estes problemas  envolve a fisioterapia traumato ortopédica, uma subespecialidade da fisioterapia médica que pode ajudar o paciente a recuperar o movimento perdido, aliviar a dor e melhorar sua qualidade de vidaO foco dessa área é a reabilitação e o recondicionamento, bem como o estabelecimento de padrões de movimentos mais saudáveis e o desenvolvimento de uma melhor resistência.

Fisioterapia ortopédica e fisioterapia traumato-ortopédica são mesma coisa?

Não, fisioterapia ortopédica e fisioterapia traumato-ortopédica não são a mesma coisa. A fisioterapia ortopédica é uma área da fisioterapia que se concentra no tratamento de lesões e distúrbios do sistema musculoesquelético. A fisioterapia traumato-ortopédica é uma subespecialidade da fisioterapia ortopédica que se concentra no tratamento de lesões e distúrbios do sistema musculoesquelético que são causados por trauma.

As principais diferenças entre fisioterapia ortopédica e fisioterapia traumato-ortopédica são:

  • Âmbito de atuação: A fisioterapia ortopédica pode tratar uma ampla gama de lesões e distúrbios musculoesqueléticos, incluindo lesões agudas, lesões crônicas, doenças neuromusculares e doenças degenerativas. A fisioterapia traumato-ortopédica concentra-se no tratamento de lesões e distúrbios musculoesqueléticos que são causados por trauma, como fraturas, entorses e luxações.
  • Formação: O fisioterapeuta ortopedista geralmente recebem treinamento básico em fisioterapia, além de treinamento adicional em fisioterapia ortopédica. Os fisioterapeutas traumato-ortopédicos geralmente recebem treinamento básico em fisioterapia, além de treinamento adicional em fisioterapia ortopédica e traumato-ortopédica.

Aqui estão alguns exemplos de condições que podem ser tratadas por fisioterapia ortopédica:

  • Lesões agudas: fraturas, entorses, luxações
  • Lesões crônicas: osteoartrite, artrite reumatoide, tendinite
  • Doenças neuromusculares: esclerose lateral amiotrófica (ELA), paralisia cerebral, distrofia muscular
  • Doenças degenerativas: osteoporose, sarcopenia

Aqui estão alguns exemplos de condições que podem ser tratadas por fisioterapia traumato-ortopédica:

  • Lesões agudas causadas por trauma: fraturas, entorses, luxações
  • Lesões crônicas causadas por trauma: artrose pós-traumática, tendinite crônica, síndrome do túnel do carpo pós-traumática

Em resumo, fisioterapia ortopédica é um termo mais amplo que se refere a qualquer tipo de fisioterapia que se concentra no tratamento de lesões e distúrbios musculoesqueléticos. Fisioterapia traumato-ortopédica é uma subespecialidade da fisioterapia ortopédica que se concentra no tratamento de lesões e distúrbios musculoesqueléticos que são causados por trauma.

Ortopedista ou fisioterapeuta: quem escolher?

A escolha entre ortopedista ou fisioterapeuta depende da condição específica do paciente.

Os ortopedistas são médicos que se especializam no diagnóstico, tratamento e prevenção de lesões e doenças do sistema musculoesquelético. Eles podem realizar exames físicos, solicitar exames de imagem e prescrever medicamentos ou cirurgia.

Os fisioterapeutas são profissionais da saúde que se especializam no tratamento de lesões e distúrbios musculoesqueléticos. Eles usam uma variedade de técnicas, incluindo exercícios terapêuticos, terapia manual, terapia de calor e frio, eletroterapia e educação sobre postura e prevenção de lesões.

Em geral, os ortopedistas são responsáveis pelo diagnóstico e tratamento inicial de lesões e doenças musculoesqueléticas. Eles podem recomendar fisioterapia como parte do tratamento. Os fisioterapeutas são responsáveis pelo tratamento e reabilitação de lesões e doenças musculoesqueléticas, incluindo a manutenção da força e da flexibilidade muscular, a redução da dor e da inflamação e a melhora da amplitude de movimento.

Qual a diferença de um traumatologista para um ortopedista?

A diferença entre um traumatologista e um ortopedista é sutil, mas existem algumas distinções:

Ortopedia: A ortopedia é uma especialidade médica que se concentra no diagnóstico, tratamento cirúrgico e não cirúrgico e prevenção de doenças e lesões relacionadas ao sistema musculoesquelético. Os ortopedistas são médicos formados que se especializam em ortopedia e tratam uma ampla variedade de condições, como fraturas ósseas, luxações articulares, lesões ligamentares, tendinites, osteoartrite, deformidades congênitas e doenças degenerativas da coluna vertebral.

Traumatologia: A traumatologia é uma subespecialidade dentro da ortopedia que se concentra no diagnóstico e tratamento das lesões traumáticas, geralmente causadas por acidentes ou eventos traumáticos. Os traumatologistas são ortopedistas que têm uma especialização adicional em traumatologia e são especializados no tratamento de fraturas complexas, lesões articulares graves, lesões da medula espinhal e traumas ortopédicos graves.

Relação entre fisioterapia ortopédica e traumatologia

A fisioterapia ortopédica e a traumatologia são duas áreas complementares da medicina que podem trabalhar juntas para fornecer o melhor tratamento possível para pacientes com lesões e doenças musculoesqueléticas.

Em alguns casos, um fisioterapeuta ortopédico pode trabalhar com um médico traumatologista para fornecer tratamento pós-operatório para uma lesão aguda. Em outros casos, um médico traumatologista pode recomendar fisioterapia ortopédica para ajudar um paciente a recuperar a função após uma lesão crônica.

Em resumo, a principal diferença é que a ortopedia abrange uma ampla gama de condições musculoesqueléticas, enquanto a traumatologia se concentra especificamente no diagnóstico e tratamento das lesões traumáticas. No entanto, a formação e a prática clínica dos médicos ortopedistas e traumatologistas podem se sobrepor em muitos aspectos.

Fisioterapia ortopédica: Quando eu devo buscar ajuda?

Uma vez que essas lesões são muito comuns, é essencial entender quando você deve buscar ajuda de um profissional qualificado de fisioterapia traumato ortopédica, por isso veja.

Sintomas para se ficar atento e procurar ajuda de um especialista:

  • Dor persistente em uma articulação ou músculo;
  • Dificuldade em realizar movimentos que antes eram realizados com facilidade;
  • Limitação de movimento em alguma articulação;
  • Dificuldade para caminhar ou realizar atividades da vida diária;
  • Fraqueza muscular;
  • Inchaço em uma articulação ou parte do corpo;

Aqui estão algumas dicas para escolher entre ortopedista ou fisioterapeuta traumato-ortopédica:

  • Se você está com uma lesão aguda, como uma fratura ou um entorse, é importante consultar um ortopedista para um diagnóstico e tratamento adequados.
  • Se você tem uma lesão crônica, como osteoartrite ou tendinite, a fisioterapia pode ser um tratamento eficaz.
  • Se você está se preparando para uma cirurgia ortopédica, a fisioterapia pode ajudar a preparar seu corpo para a cirurgia e a acelerar a recuperação.

Se você não tiver certeza se deve consultar um ortopedista ou um fisioterapeuta traumato-ortopédica, converse com seu médico de família ou outro profissional de saúde. Eles poderão ajudá-lo a tomar a melhor decisão para sua condição específica.

5 motivos mais importantes para tomar essa decisão

  1. Se você sente dor crônica nos membros, um especialista pode recomendar e executar os exercícios apropriados para aliviá-la.
  2. Se você teve lesão, como um acidente de carro ou outras quedas, um especialista pode ajudar a reduzir o inchaço e estimular o movimento adequado para acelerar a recuperação.
  3. Se você teve fraturas ou cirurgias nos ossos, um especialista pode ser necessário para restaurar o movimento, diminuir a dor, desenvolver a força e minimizar as cicatrizes.
  4. Se você desenvolveu problemas respiratórios, tais como asma, bronquite, sinusite ou problemas na garganta, um terapeuta qualificado pode melhorar a capacidade de respirar.
  5. Se você sofreu uma lesão na coluna vertebral, um profissional qualificado pode proporcionar um aconselhamento especializado e recomendar exercícios para minimizar a dor e melhorar a função muscular.

O portal Scielo confirma, “O trauma vem se destacando como grave problema de saúde pública, pois compromete a funcionalidade do indivíduo e sua participação social e econômica na sociedade”.

Além disso, fazem parte do trabalho do especialista orientação e conselhos sobre os cuidados diários que você pode adotar, como alongamentos, posturas adequadas, cuidados com fraturas, cirurgias e até mesmo prevenção de lesões futuras.

O que faz um especialista em traumatologia?

Um especialista em traumatologia é um profissional da área médica especializado no diagnóstico, tratamento e prevenção de lesões traumáticas agudas. Eles são responsáveis por lidar com emergências e situações de trauma que envolvem o sistema musculoesquelético.

As principais responsabilidades de um especialista em traumatologia incluem:

  • Diagnóstico: O especialista em traumatologia é treinado para avaliar e diagnosticar lesões traumáticas. Isso envolve a realização de exames físicos, avaliação clínica, interpretação de exames de imagem (como radiografias, tomografias computadorizadas ou ressonâncias magnéticas) e análise dos sintomas relatados pelo paciente.
  • Tratamento cirúrgico: Em muitos casos, as lesões traumáticas requerem intervenção cirúrgica. O especialista em traumatologia é qualificado para realizar cirurgias ortopédicas para reparar fraturas ósseas complexas, luxações articulares, lesões de tecidos moles, entre outras condições traumáticas.
  • Tratamento não cirúrgico: Além da cirurgia, o especialista em traumatologia também está apto a fornecer tratamento não cirúrgico para lesões traumáticas. Isso pode incluir a aplicação de imobilizações, uso de medicamentos para controle da dor e inflamação, prescrição de fisioterapia e outras modalidades de tratamento conservador.
  • Gestão de emergências: Os especialistas em traumatologia são frequentemente chamados para lidar com situações de emergência. Eles estão preparados para realizar procedimentos de emergência, como redução de fraturas, realinhamento de articulações deslocadas, controle de sangramento e estabilização do paciente em casos graves.
  • Aconselhamento e prevenção: Os especialistas em traumatologia também desempenham um papel importante na educação e aconselhamento dos pacientes sobre medidas preventivas. Eles podem fornecer orientações sobre segurança em atividades físicas, práticas esportivas, uso adequado de equipamentos de proteção, prevenção de quedas e cuidados pós-traumáticos.

É importante lembrar que a traumatologia está integrada à especialidade médica da ortopedia. Portanto, os especialistas em traumatologia são, geralmente, médicos ortopedistas com uma especialização adicional nessa área específica.

Diferença de fisioterapia ortopedia e traumatologia

A fisioterapia ortopedia e traumatologia são duas áreas distintas da medicina que se concentram no tratamento de lesões e doenças do sistema musculoesquelético. A principal diferença entre as duas é que a fisioterapia ortopédica se concentra no tratamento de lesões e doenças crônicas, enquanto a traumatologia se concentra no tratamento de lesões agudas.

Fisioterapia ortopédica

A fisioterapia ortopédica é uma área da fisioterapia que se concentra no tratamento de lesões e doenças do sistema musculoesquelético. Os fisioterapeutas ortopédicos usam uma variedade de técnicas para tratar essas condições, incluindo:

  • Exercícios terapêuticos
  • Terapia manual
  • Terapia de calor e frio
  • Eletroterapia
  • Educação sobre postura e prevenção de lesões

As condições musculoesqueléticas que podem ser tratadas com fisioterapia ortopédica incluem:

  • Osteoartrite
  • Artrite reumatoide
  • Tendinite
  • Síndrome do túnel do carpo
  • Doença de Lyme
  • Lesões esportivas

Traumatologia

A traumatologia é uma área da medicina que se concentra no diagnóstico, tratamento e prevenção de lesões e doenças do sistema musculoesquelético causadas por trauma. Os médicos traumatologistas usam uma variedade de técnicas para tratar essas condições, incluindo:

  • Cirurgia
  • Medicamentos
  • Fisioterapia

As condições musculoesqueléticas que podem ser tratadas por traumatologia incluem:

  • Fraturas
  • Entorses
    Luxações
  • Lesões esportivas graves
  • Lesões por acidentes de carro
  • Lesões por quedas

Em última análise, a melhor maneira de determinar qual tipo de tratamento é certo para você é consultar um médico ou fisioterapeuta qualificado.

Conclusão 

Lesões músculo-esqueléticas traumáticas são extremamente comuns e podem exigir tratamento considerável para alcançar uma boa qualidade de vida. O tratamento padrão para estas lesões envolve a fisioterapia traumato-ortopédica, que é uma subespecialidade da fisioterapia ortopédica. A busca de ajuda de um profissional qualificado é fundamental para garantir que você possa obter os melhores resultados possíveis.

Aqui na Clínica Vicci, você encontra uma equipe especializada e preparada para te fornecer atendimento personalizado e conforto caso esteja com essas dores para que você tenha o melhor tratamento possível. 

Entre em contato e agende sua avaliação.

 

Leave a comment

  1. O que causa esporão no pé
    Permalink