Skip links
inflamações no joelho

Como tratar inflamação no joelho: saiba o que fazer

Nos dias de hoje, é cada vez mais comum ouvir falar de casos de inflamação no joelho. O problema pode ocorrer por diversos fatores: excesso de exercício, idade avançada, lesões e até mesmo má postura. Porém, não é preciso viver com dores no joelho para sempre. 

Existe uma série de tratamentos e técnicas que podem ser usadas para ajudar a aliviar a dor. Este artigo abordará o que é bom para inflamação no joelho, a importância da fisioterapia para tratar e prevenir inflamações no joelho, além de outros tratamentos e métodos.

Principais causas de inflamação no joelho

Sabemos que o joelho é uma das articulações mais complexas e cruciais do corpo humano, é suscetível a uma variedade de condições, sendo a inflamação uma das preocupações mais comuns. Se você já se perguntou sobre as principais causas por trás da inflamação no joelho, está no lugar certo! Trouxemos algumas das principais causas de inflamação no joelho a seguir:

  1. Lesões Traumáticas: Lesões agudas, como entorses, distensões musculares, rupturas de ligamentos (como o ligamento cruzado anterior) e fraturas, podem levar a inflamação no joelho.
  2. Artrite Reumatoide: Uma doença autoimune em que o sistema imunológico ataca as articulações, causando inflamação crônica. A artrite reumatoide pode afetar várias articulações, incluindo os joelhos.
  3. Osteoartrite: Uma condição degenerativa das articulações causada pelo desgaste da cartilagem. A osteoartrite pode levar à inflamação nas articulações, incluindo os joelhos.
  4. Bursite: A inflamação da bursa, uma bolsa cheia de líquido que reduz o atrito entre ossos, tendões e músculos, pode ocorrer no joelho e causar dor e inchaço.
  5. Tendinite: A inflamação dos tendões que cercam o joelho, como a tendinite patelar, pode causar dor e inchaço.
  6. Lesões Meniscais: Lesões no menisco, os discos de cartilagem no joelho, podem levar a inflamação e sintomas como dor e inchaço.
  7. Condromalácia Patelar: Um desgaste anormal da cartilagem na superfície posterior da patela, que pode causar inflamação e dor no joelho.
  8. Gota: Uma condição metabólica em que há acúmulo de cristais de ácido úrico nas articulações, causando inflamação aguda e ataques de dor.
  9. Infecções: Infecções bacterianas ou virais podem afetar o joelho, causando inflamação, dor e inchaço.
  10. Doença de Lyme: Transmitida por carrapatos, a doença de Lyme pode causar sintomas articulares, incluindo inflamação no joelho.
  11. Síndrome do Túnel do Carpo: A compressão do nervo mediano no punho pode causar sintomas que se estendem até o joelho.

Quais os sintomas de inflamação no joelho?

A inflamação no joelho pode manifestar uma variedade de sintomas, e a gravidade dos sintomas pode variar dependendo da causa subjacente da inflamação. Aqui estão alguns dos sintomas comuns associados à inflamação no joelho:
  • Dor: A dor é um sintoma comum de inflamação no joelho. Pode variar de leve a intensa e ser constante ou ocorrer em episódios.
  • Inchaço (Edema): O acúmulo de líquido no joelho é uma resposta comum à inflamação. Isso pode resultar em inchaço visível e sensação de peso no joelho.
  • Calor: A área afetada pode sentir-se mais quente ao toque devido ao aumento do fluxo sanguíneo e à resposta inflamatória.
  • Vermelhidão: A pele ao redor do joelho pode ficar avermelhada devido à dilatação dos vasos sanguíneos.
  • Rigidez Articular: A inflamação pode levar a uma sensação de rigidez no joelho, especialmente após períodos de repouso.
  • Limitação de Movimento: A dor e o inchaço podem causar dificuldades na movimentação normal do joelho, resultando em limitação funcional.
  • Estalos ou Crepitação: Em alguns casos, a inflamação no joelho pode estar associada a sons como estalos, crepitação ou rangidos durante o movimento.
  • Fraqueza Muscular: A presença de inflamação pode levar à fraqueza dos músculos ao redor do joelho.
  • Dificuldade ao Apoiar o Peso: A dor e a instabilidade causadas pela inflamação podem tornar difícil apoiar o peso no joelho afetado.

É importante observar que a inflamação no joelho pode ser causada por várias condições, incluindo lesões, artrite, bursite, tendinite, entre outras. O diagnóstico preciso requer uma avaliação médica, que pode incluir exames físicos, exames de imagem (como radiografias ou ressonância magnética) e, em alguns casos, análises de líquido sinovial.

O que é bom para inflamação no joelho?

Sabemos que a saúde dos joelhos desempenha um papel fundamental em nosso bem-estar cotidiano, mas a inflamação nesta articulação pode rapidamente se tornar um obstáculo desconfortável. Se você já se viu em busca de respostas sobre como aliviar a inflamação no joelho, não se preocupe. Trouxemos para você opções de como tratar joelho inflamado com métodos caseiros e medicamentos eficazes para trazer alívio ao seu dia a dia.

Métodos Caseiros para Aliviar a Inflamação no Joelho:

  1. Compressas Frias:
    • Aplicar uma compressa fria no joelho pode ajudar a reduzir a inflamação. Use uma bolsa de gelo envolvida em um pano e aplique por 15-20 minutos a cada hora.
  2. Elevação do Joelho:
    • Elevar a perna pode ajudar a reduzir o inchaço. Descanse o joelho em almofadas ao se deitar.
  3. Repouso Adequado:
    • Evite colocar peso excessivo no joelho inflamado. O repouso é fundamental para permitir a recuperação.
  4. Compressão:
    • O uso de uma bandagem elástica compressiva pode ajudar a controlar o inchaço. Certifique-se de não apertar demais.
  5. Exercícios de Alongamento e Fortalecimento:
    • Praticar exercícios de alongamento e fortalecimento pode ajudar a melhorar a flexibilidade e a estabilidade do joelho. Consulte um fisioterapeuta para orientações específicas.
  6. Banho de Epsom:
    • Um banho de Epsom pode proporcionar alívio, já que o sulfato de magnésio pode ajudar na redução da inflamação.

Medicamentos para Alívio da Inflamação no Joelho:

  1. Anti-inflamatórios não Esteroides (AINEs):
    • Medicamentos como ibuprofeno e naproxeno podem ajudar a reduzir a inflamação e aliviar a dor. Consulte um profissional de saúde antes do uso prolongado.
  2. Analgésicos:
    • Analgésicos como paracetamol podem ser utilizados para aliviar a dor associada à inflamação no joelho.
  3. Creme ou Gel Anti-inflamatório:
    • Aplicar cremes ou géis anti-inflamatórios localmente no joelho pode proporcionar alívio temporário.
  4. Suplementos de Ômega-3:
    • Os ácidos graxos ômega-3 têm propriedades anti-inflamatórias. Incluir alimentos ricos em ômega-3 na dieta ou tomar suplementos pode ser benéfico.
  5. Glucosamina e Condroitina:
    • Esses suplementos são frequentemente utilizados para promover a saúde das articulações. Consulte um profissional de saúde antes de iniciar qualquer suplementação.

Lembre-se, é crucial consultar um profissional de saúde antes de iniciar qualquer tratamento, especialmente se a inflamação no joelho persistir ou piorar. Cada pessoa é única, e um plano de cuidados personalizado garantirá os melhores resultados.

Quanto tempo dura a inflamação no joelho?

A duração de uma inflamação no joelho pode variar dependendo da causa subjacente, do tratamento adotado e da resposta individual do paciente. Em alguns casos, a inflamação pode diminuir em questão de dias com medidas adequadas de cuidados domiciliares, como repouso e aplicação de gelo. No entanto, inflamações mais graves ou crônicas podem persistir por semanas, meses ou até mesmo anos. É importante consultar um profissional de saúde para um diagnóstico adequado e um plano de tratamento específico para cada caso.

Qual é o nome da inflamação que dá no joelho?

A inflamação que ocorre no joelho pode ter diferentes causas e, portanto, diferentes nomes. Algumas das condições comuns que podem causar inflamação no joelho incluem a artrite, a bursite, a tendinite e a sinovite. A artrite é uma inflamação das articulações, podendo ser de origem reumatoide, osteoartrite ou outras formas. A bursite é a inflamação da bursa, uma pequena bolsa de líquido que atua como um amortecedor entre os ossos e os tecidos moles. A tendinite é a inflamação dos tendões que conectam os músculos aos ossos. A sinovite é a inflamação da membrana sinovial, uma camada que reveste as articulações e produz fluido sinovial.

Como saber se a dor no joelho é grave?

Determinar a gravidade da dor no joelho pode ser feito por meio de uma avaliação médica adequada. Alguns sinais de que a dor no joelho pode ser grave incluem:

  • Dor intensa e incapacitante que interfere nas atividades diárias.
  • Inchaço acentuado, calor excessivo ou vermelhidão na região do joelho.
  • Incapacidade de mover ou suportar peso sobre o joelho.
  • Sensação de instabilidade ou travamento do joelho.
  • Dor que persiste ou piora mesmo após o repouso e o uso de medidas de cuidados domiciliares.

Se a dor no joelho for persistente, grave ou acompanhada de sintomas preocupantes, é essencial buscar atendimento médico para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado. Um profissional de saúde qualificado poderá realizar exames físicos, solicitar exames complementares e fornecer as orientações adequadas para lidar com a dor no joelho de forma eficaz.

Importância da fisioterapia para inflamações no joelho

A fisioterapia é de extrema importância na reabilitação, principalmente em casos de lesões, cirurgias ou patologias que afetam essa articulação. 

Através de técnicas expecíficas a fisioterapia ajuda a recuperar a amplitude de movimento e a função do joelho. Algumas delas incluem:

  • Fortalecimento muscular: A realização de exercícios para fortalecer os músculos que sustentam o joelho pode ajudar a reduzir a sobrecarga no joelho e prevenir lesões e inflamações. O fisioterapeuta pode indicar exercícios específicos para cada indivíduo, dependendo de sua condição física e objetivos.
  • Alongamento: O alongamento ajuda a melhorar a flexibilidade muscular e pode reduzir o risco de lesões no joelho. O fisioterapeuta pode indicar exercícios de alongamento específicos para cada indivíduo.
  • Treinamento de equilíbrio: O treinamento de equilíbrio pode ajudar a melhorar a estabilidade do joelho, prevenindo lesões e inflamações. O fisioterapeuta pode indicar exercícios específicos para melhorar o equilíbrio.
  • Técnicas de relaxamento: Algumas técnicas de relaxamento, como a liberação miofascial, podem ajudar a reduzir a tensão muscular e prevenir lesões e inflamações no joelho.
  • Correção de postura: O fisioterapeuta pode avaliar a postura do indivíduo e indicar exercícios e técnicas para corrigir posturas inadequadas que podem sobrecarregar o joelho e causar inflamações.

Segundo pesquisa da UOL “No Centro de Cirurgia e Joelho do Instituto Nacional de Ortopedia e Traumatologia do Ministério da Saúde, lesões nos ligamentos e meniscos correspondem a 40% do volume de atendimento.”

É importante ressaltar que a fisioterapia deve ser individualizada e adaptada às necessidades de cada pessoa, e além dela existem outras formas de tratamentos.

Joelho inflamado o que fazer:

Exercicios de baixo ímpacto podem ajudar a fortalecer as articulações e melhorar a flexibilidade.

Segundo estudo da revista Metropolis “Se a dor não for muito forte, o tai chi chuan ou a yoga são boas alternativas de exercícios. Eles focam na conexão entre a mente e o corpo. Ambos são sobre consciência e movimento. São práticas que ajudam a aumentar a amplitude de movimento. A meditação também pode ajudar você a lidar com a dor crônica.”

Entretanto, o tratamento para inflamações no joelho pode variar de acordo com a causa raiz da inflamação. As opções de tratamentos comuns incluem:

  • Repouso: Descansar o joelho pode ajudar a reduzir a inflamação e permitir que o corpo se cure naturalmente.
  • Gelo: Usar uma bolsa de gelo no joelho por 20 minutos a cada hora pode ajudar a reduzir a dor e a inflamação.
  • Compressão: Usar uma bandagem de compressão pode ajudar a apoiar o joelho e reduzir a inflamação.
  • Elevação: Elevar o joelho acima do nível do coração pode ajudar a reduzir o inchaço e a inflamação.
  • Medicamentos: Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) como o ibuprofeno podem ajudar a aliviar a dor e a inflamação.
  • Injeções de corticosteroides: Injeções de corticosteroides podem ser recomendadas para reduzir a inflamação no joelho.
  • Cirurgia: Raramente, a cirurgia pode ser necessária para tratar inflamações no joelho que não respondem a outras opções de tratamento.

De forma geral, a fisioterapia é uma importante aliada na recuperação e manutenção da saúde do joelho e contribui para a melhora da qualidade de vida do paciente.

Prevenção de inflamações no joelho

A inflamação dos tecidos do joelho não precisa ser um destino inevitável: ela pode ser prevenida com certos cuidados antes, durante e depois da prática esportiva. 

Vamos citar 5 dicas que pode te ajudar a prevenir inflamações no joelho:

  1. Fortalecer os músculos ao redor do joelho: Fortalecer os músculos da coxa e panturrilha, bem como os músculos do core, pode ajudar a dar mais suporte para as articulações do joelho.
  2. Alongamento diário: Fazer alongamentos antes e depois de qualquer treino ou atividade extenuante também ajuda a prevenir lesões nos joelhos.
  3. Reduza o estresse sobre as articulações: Evite fazer exercícios de impacto ou atividades de alto impacto que causem estresse nas articulações do joelho.
  4. Use equipamentos e técnicas apropriados: Se for jogar tênis, basquete ou qualquer outro esporte que coloque pressão sobre os joelhos, use equipamentos específicos para isso, além de adotar as técnicas corretas.
  5. Evite oexcesso de exercício: É importante descansar o suficiente entre as sessões de exercícios para permitir que os joelhos se recuperem.

Conclusão

As inflamações no joelho podem ser muito desconfortáveis, mas é importante saber que há soluções eficazes para o problema. O tratamento ideal depende da causa da inflamação e da gravidade dos sintomas, mas a fisioterapia é uma boa opção para tratar a dor e inflamação. Além disso, é importante lembrar que não só é possível tratar inflamações no joelho, como também evitar que elas ocorram no futuro. Seguir alguns passos simples, como fortalecer os músculos e aumentar a flexibilidade, pode ajudar a prevenir futuras lesões.

Se está passando por esses problemas, saiba que a Clínica Vicci possui profissionais experientes e dispostos a ajudar, fornecendo conforto e um atendimento exclusivo.

Entre em contato e agende uma consulta.

Leave a comment