Skip links
Causas de dores nas juntas dos dedos das mãos ao acordar

Dores nas juntas dos dedos das mãos: causas e tratamento

Muitas pessoas sentem dores nas juntas dos dedos das mãos, o que pode afetar o início de um dia bom. Não importa a sua idade, podem haver sérios motivos para essa dor. Embora possa parecer algo comum, isso é sinal de alerta, pois pode estar relacionado a muitos problemas de saúde, de forma que é preciso investigar para chegar ao diagnóstico certo. Neste artigo, você vai conferir quais são os possíveis motivos dessas dores, quais ações tomar para tratá-las e por fim, formas de prevenção para que você não passe por esse desconforto que atrapalha até mesmo as atividades mais simples do nosso dia a dia. Vamos lá!

O que pode ser dor nas juntas dos dedos?

Essas dores podem ser causada por uma variedade de condições médicas, desde problemas mais simples como ter dormido de mau jeito até doenças mais complexas, como artrite reumatoide ou doenças metabólicas.  Não só as articulações das mãos são afetadas, mas também o desconforto pode ocorrer nas juntas dos dedos dos pés ou nas pernas.

É importante entender as diferentes causas de dor nas juntas dos dedos das mãos para buscar o tratamento adequado e aliviar o desconforto. Discutiremos agora as causas mais comuns de dores nas juntas dos dedos das mãos e como tratá-las.  

As principais causas de dor nas articulações dos dedos:

1. Artrite – é uma das principais causas de dor nas juntas dos dedos. A artrite pode ser causada por diversos fatores, incluindo idade, hereditariedade e lesões. Ela pode afetar qualquer junta no corpo, incluindo as dos dedos das mãos.
2. Tendinite – é uma inflamação dos tendões, que são responsáveis por conectar os músculos aos ossos. A tendinite nos dedos das mãos pode ser causada por atividades repetitivas, como digitação ou tocar um instrumento musical.
3. Lesões – lesões, como fraturas ou torções nos dedos das mãos, também podem causar dores nas articulações das mãos. Essas lesões podem afetar o osso, o tecido conjuntivo ou os nervos da junta.
4. Doenças autoimunes – doenças autoimunes, como lúpus e esclerodermia, podem causar dor nas juntas dos dedos das mãos. Essas doenças afetam o sistema imunológico do corpo, causando inflamação nas articulações.
5. Síndrome do Túnel do Carpo – é uma condição que ocorre quando um nervo que passa pelo punho fica comprimido. Isso pode causar dor nas articulações das mãos, formigamento e dormência nos dedos das mãos, incluindo as juntas.
6. Gota – é uma condição em que cristais de ácido úrico se acumulam nas articulações, causando dores nas articulações das mãos e inflamação. A gota pode afetar qualquer junta no corpo, incluindo as dos dedos das mãos.

Estudos feitos pela Revista Veja Saúde aponta que “Cerca de 2 milhões de brasileiros sofrem de artrite reumatoide, segundo a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR). Falamos de uma doença autoimune que faz o próprio corpo atacar as articulações.”

Os sintomas frequentes dessas patologias são inchaço nas juntas e rigidez matinal. Devemos relembrar que visitar uma clínica especializada para descobrir o que causa dores nas juntas dos dedos das mãos é o ideal. Existem muitas opções de tratamento que podem ajudar a aliviar ou até eliminar essas dores, para que você possa desfrutar de um dia bom e sem dores.

Dores nas articulações dos dedos é normal?

Pequenos desconfortos nas articulações dos dedos podem ser comuns e não necessariamente indicam um problema grave. No entanto, dores persistentes ou intensas nas articulações dos dedos podem ser um sinal de uma condição subjacente que requer atenção médica. Alguns fatores que podem contribuir para dores nas articulações dos dedos incluem lesões, uso excessivo, artrite, inflamação, infecções e condições sistêmicas como foram citadas acima.

Se você está enfrentando dores nas articulações dos dedos que interferem nas atividades diárias, é recomendável consultar um médico ou um reumatologista para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento apropriado. Eles poderão avaliar seus sintomas, realizar exames adicionais, se necessário, e fornecer orientações adequadas para aliviar a dor e melhorar a saúde das suas articulações.

 

O que é síndrome do escrivão?

A “síndrome do escrivão”, também conhecida como câimbra do escrivão, é uma condição médica específica que afeta o sistema motor, caracterizada como uma distonia focal de mão. Essa condição está diretamente relacionada à síndrome do overuse, que se refere à utilização excessiva e repetitiva de determinado grupo muscular.

A síndrome do escrivão é considerada uma forma de Lesão por Esforço Repetitivo (LER) e de Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho (DORT). Esses termos englobam uma variedade de condições médicas que resultam de atividades repetitivas ou de movimentos intensos e prolongados, especialmente no ambiente de trabalho.

No contexto específico do escrivão, a síndrome pode se desenvolver devido à repetição constante de movimentos específicos das mãos ao escrever ou digitar por longos períodos. Isso pode levar a sintomas como câimbras, dores e desconfortos nas mãos, punhos e braços.

Para auxiliar funcionários que enfrentam dor nos dedos da mão, a gestão da empresa pode adotar medidas preventivas, tais como:

  1. Ergonomia: Garantir que os ambientes de trabalho estejam ergonomicamente projetados para reduzir a tensão nas mãos e braços.
  2. Treinamento de Postura e Movimento: Oferecer treinamento regular sobre postura adequada e técnicas de movimento para prevenir lesões.
  3. Pausas e Intervalos: Promover pausas regulares durante as atividades que envolvem movimentos repetitivos, permitindo que os funcionários descansem e alonguem-se.
  4. Variedade de Tarefas: Oferecer oportunidades para os funcionários diversificarem suas tarefas, evitando a repetição excessiva de movimentos.
  5. Avaliações de Saúde Ocupacional: Implementar programas de saúde ocupacional que incluam avaliações regulares para identificar e tratar precocemente problemas relacionados ao trabalho.
  6. Equipamentos Adequados: Fornecer ferramentas e equipamentos ergonômicos, como teclados e cadeiras ajustáveis, para reduzir o impacto nos membros superiores.
  7. Conscientização e Educação: Promover a conscientização sobre a síndrome do escrivão e fornecer educação sobre a importância de cuidar da saúde musculoesquelética.

Cada caso é único, e é essencial que a gestão trabalhe em colaboração com profissionais de saúde para desenvolver estratégias específicas que atendam às necessidades individuais dos funcionários afetados pela síndrome do escrivão.

Como tratar dor nas juntas dos dedos das mãos

As dores nas juntas dos dedos das mãos são um grande incômodo principalmente para pessoas que realizam atividades que exigem movimentos repetitivos ou que dependem muito das mãos, como digitação, pintura, costura, entre outras. Por isso, é fundamental buscarmos tratamentos adequados para aliviar os sintomas e melhorar nossa qualidade de vida. Iremos te apresentar algumas opções de tratamento de dor na junta do dedo da mão para que essas complicações não se agravem, tornando-se algo irreversível.

Conheça alguns tratamentos para essa condição:

  • Medicamentos: medicamentos sob prescrição médica como anti-inflamatórios não esteróides,  podem ajudar no controle da dor e redução da inflamação.
  • Terapia Física: a terapia física pode auxiliar no fortalecimento dos músculos e articulações, promovendo uma melhor mobilidade e alívio de dor nos dedos da mão.
  • Alongamentos e Exercícios: alongar os dedos e fazer exercícios para fortalecer as mãos pode ajudar a reduzir a dor nas articulações.
  • Calor e Frio: alternar a aplicação de compressas quentes e frias nas articulações pode ajudar a reduzir o inchaço e a dor nas juntas.
  • Imobilização: imobilizar a articulação com uma tala pode ajudar a reduzir o movimento, reduzindo assim a dor.
  • Acupuntura: estimulação com agulhas de pontos específicos nas mãos para aliviar dores.

É importante que essas terapias sejam usadas em conjunto para promover um melhor resultado no tratamento, é aconselhável buscar auxílio de profissionais especializados. Assim, eles podem diagnosticar o problema e fornecer um plano de tratamento exclusivo para cada caso. Dessa forma, é possível reduzir o desconforto e melhorar a qualidade de vida.

Prevenção de dores nos dedos das mãos

É fundamental prevenir e tratar essa dor para evitar que ela se torne crônica e impacte negativamente o seu bem-estar físico e emocional. Agora vamos apresentar algumas dicas valiosas que vão ajudá-lo a prevenir e tratar esse desconforto. Leia até o final e fique por dentro das informações mais relevantes sobre esse assunto! 

Aqui, destacam-se alguns cuidados que você pode tomar para prevenir as dores nas juntas dos dedos:

  1. Evite dormir com as mãos abaixadas,
  2. Mantenha seu peso corporal sob controle,
  3. Pratique esportes e mantenha uma postura correta durante as atividades diárias. 
  4. Mantenha uma boa postura ao trabalhar para evitar a tensão em suas mãos.
  5. Faça pausas regulares durante o trabalho repetitivo para descansar suas mãos.
  6. Use ferramentas ergonômicas que permitam uma posição confortável das mãos, como um teclado e uma cadeira adequados.
  7. Faça exercícios regulares para fortalecer os músculos das mãos e melhorar a flexibilidade, como apertar uma bola de borracha ou esticar as mãos.
  8. Evite segurar objetos por longos períodos de tempo ou apertá-los com muita força.
  9. Mantenha-se hidratado bebendo bastante água ao longo do dia.
  10. Evite lesões nas mãos, como cortes, contusões e estiramentos.
  11. Consulte um médico se sentir dor persistente nas juntas dos dedos.
  12. Mantenha uma dieta saudável e equilibrada para manter suas articulações saudáveis.

Alimentos e suplementos também podem ajudar a reduzir a dor nas juntas dos dedos das mãos, pois contêm nutrientes que ajudam a melhorar a saúde das articulações. Conheça algumas opções que podem te ajudar:

  • Colágeno: o colágeno é importante para a saúde das cartilagens e dos tecidos conectivos. Ele pode ser encontrado em suplementos em pó, cápsulas e líquidos.
  • Ômega-3: o ômega-3 é um ácido graxo anti-inflamatório encontrado em peixes de água fria, como salmão, sardinha e atum. Ele também pode ser encontrado em suplementos de óleo de peixe.
  • Cúrcuma: a cúrcuma é uma especiaria anti-inflamatória também conhecida como açafrão da terra. Ela pode ser adicionada a alimentos ou tomada em suplementos.
  • Vitamina D: a vitamina D é importante para a saúde dos ossos e das articulações. Ela pode ser obtida através da exposição ao sol e de alimentos como salmão e cogumelos.
  • Gengibre: o gengibre é uma raiz anti-inflamatória que pode ser adicionada a alimentos ou tomada em forma de suplemento.
  • Glucosamina: a glucosamina é um composto encontrado nas articulações que pode ajudar a reduzir a dor e a inflamação. Ela pode ser encontrada em suplementos.
  • Magnésio: o magnésio é importante para a saúde dos ossos e das articulações. Ele pode ser encontrado em alimentos como espinafre, amêndoas e abacate.
  • Alimentos anti-inflamatórios: alimentos como frutas vermelhas, vegetais verdes escuros, nozes e sementes contêm compostos anti-inflamatórios que podem ajudar a reduzir a dor nas articulações.
  • Ácido hialurônico: o ácido hialurônico é uma substância encontrada nas articulações que ajuda a lubrificá-las e a reduzir a dor e a inflamação. Ela pode ser encontrada em suplementos.

Preparamos um artigo especial para você sobre Alimentação saudável, Clique Aqui e confira

Lembre-se sempre de consultar um médico antes de iniciar a utilização de qualquer suplementação.

Dores nas juntas dos dedos das mãos: Conclusão

Só é possível descobrir o que realmente causa dores nas juntas dos dedos das mãos com um diagnóstico de um especialista, essas causas vão desde problemas simples a doenças mais complexas. É importante procurar um especialista para fazer um diagnóstico adequado e iniciar o tratamento ideal.

Se você está passando por isso, aqui na Clínica Vicci em BH você encontra conforto, atendimento personalizado, além de toda ajuda necessária e auxílio que precisa para você recuperar a sua qualidade de vida com auxílio dos melhores especialistas.  

Entre em contato e agende sua avaliação.

 

Leave a comment