Skip links
Ombro deslocado: O que fazer? clinica vicci

Ombro deslocado: O que fazer?

Um ombro deslocado, também conhecido como luxação do ombro, ocorre quando a cabeça do úmero é empurrada para fora da cavidade glenoide. Isso pode ocorrer devido a uma queda, lesão esportiva, acidente de carro ou outros tipos de trauma. Um ombro deslocado é uma emergência médica e requer cuidados imediatos. Neste artigo, apresentaremos as principais causas do deslocamento do ombro, os sintomas do ombro deslocado, opções de tratamento e medidas preventivas.

O que causa o deslocamento do ombro?

O deslocamento do ombro pode ser causado por vários fatores, incluindo lesões traumáticas, como quedas, impactos diretos no ombro ou movimentos bruscos do braço. Algumas pessoas também têm predisposição a deslocamentos recorrentes devido à instabilidade articular ou fraqueza dos músculos e ligamentos que cercam o ombro.

Quais são os sintomas de um ombro deslocado?

Os sintomas de um ombro deslocado podem variar de pessoa a pessoa, entre os sintomas mais comum podemos citar:

  1. Dor intensa no ombro: Um dos sintomas mais comuns de um ombro deslocado é uma dor aguda e intensa na região do ombro. A dor pode ser constante ou ocorrer apenas quando você tenta mover o braço.
  2. Incapacidade de mover o braço: Um ombro deslocado pode resultar na incapacidade de mover o braço ou realizar certos movimentos. Você pode sentir uma sensação de fraqueza ou falta de controle sobre o braço afetado.
  3. Inchaço e deformidade visível: Após o deslocamento, é comum ocorrer inchaço na área do ombro afetado. Além disso, pode haver uma deformidade visível, como uma aparência anormal do ombro ou uma protuberância óbvia.
  4. Sensação de que o ombro está fora do lugar: Muitas pessoas descrevem uma sensação de que o ombro está “fora do lugar” após um deslocamento. Isso pode ser acompanhado por uma sensação de instabilidade ou de que algo está solto dentro do ombro.
  5. Dormência ou formigamento: Em alguns casos, um ombro deslocado pode causar dormência ou formigamento nos braços e mãos. Isso ocorre devido à pressão exercida sobre os nervos adjacentes durante o deslocamento.

É importante ressaltar que esses sintomas podem variar de pessoa para pessoa e a gravidade dos sintomas pode depender da extensão do deslocamento. Se você suspeitar de um ombro deslocado, é fundamental procurar atendimento médico imediatamente para um diagnóstico e tratamento adequados.

Como é o tratamento de um ombro deslocado?

O tratamento de um ombro deslocado geralmente envolve a redução do ombro, que é o realinhamento do osso do braço na cavidade do ombro. Isso geralmente é feito por um profissional de saúde, como um médico ou fisioterapeuta. Após a redução, o médico pode recomendar o uso de uma tipoia ou tala para imobilizar o ombro e permitir a cicatrização. Em alguns casos, pode ser necessária cirurgia para reparar ligamentos danificados ou estruturas ósseas.

Quais são as complicações possíveis de um ombro deslocado?

Um ombro deslocado pode levar a várias complicações, como instabilidade crônica do ombro, lesões ligamentares, lesões dos tendões, danos aos nervos ou vasos sanguíneos próximos e recorrência do deslocamento. É importante seguir as recomendações do médico, fazer fisioterapia e adotar medidas preventivas para evitar complicações.

Dicas de prevenção e exercícios para reabilitação de um ombro deslocado

  1. Alongamento passivo: O alongamento passivo é um exercício inicialmente realizado com a ajuda de um terapeuta ou fisioterapeuta. Consiste em movimentar cuidadosamente o braço e o ombro deslocado para ajudar a restaurar a amplitude de movimento. É importante seguir as orientações do profissional de saúde para evitar qualquer esforço excessivo durante o alongamento.
  2. Exercícios de fortalecimento muscular: Uma vez que a estabilidade e a mobilidade do ombro são recuperadas, é possível iniciar exercícios de fortalecimento muscular. Esses exercícios visam fortalecer os músculos ao redor do ombro para ajudar a manter a articulação estável. Exemplos de exercícios de fortalecimento incluem rotações externas e internas, elevações laterais e remadas.
  3. Exercícios de resistência: À medida que a força muscular aumenta, exercícios de resistência podem ser adicionados ao programa de reabilitação. Eles podem incluir o uso de faixas elásticas ou pesos leves para criar resistência durante os movimentos do ombro. Isso ajuda a promover o desenvolvimento muscular e a melhora da estabilidade.
  4. Exercícios de propriocepção: A propriocepção se refere à percepção do posicionamento e movimento do corpo. Exercícios de propriocepção são importantes para reeducar os músculos e ligamentos do ombro após um deslocamento. Isso pode incluir exercícios de equilíbrio e coordenação, como a prática de equilíbrio em uma perna enquanto realiza movimentos suaves do braço.
  5. Exercícios funcionais: À medida que a reabilitação avança, é importante incorporar exercícios funcionais que imitem as atividades diárias ou esportivas específicas do indivíduo. Isso ajudará a reintegrar o ombro deslocado às demandas funcionais do cotidiano. Os exercícios funcionais podem incluir levantar objetos, empurrar e puxar, e movimentos específicos do esporte praticado.

É fundamental seguir as orientações do fisioterapeuta ou profissional de saúde durante a reabilitação do ombro deslocado. Cada caso é único, e o programa de exercícios deve ser adaptado às necessidades individuais para garantir uma recuperação eficaz e segura.

Dicas para prevenir o deslocamento do ombro

Algumas medidas podem ser tomadas para ajudar a prevenir o deslocamento do ombro, como evitar movimentos bruscos e fortes, praticar exercícios de fortalecimento do ombro regularmente, manter uma postura adequada, utilizar técnicas adequadas durante atividades esportivas e evitar quedas.

Conclusão

Um ombro deslocado é uma lesão dolorosa e potencialmente séria que requer atenção médica imediata. O tratamento adequado, incluindo a redução do ombro, fisioterapia e medidas preventivas, pode ajudar a prevenir complicações e promover uma recuperação completa. É importante seguir as orientações do médico e buscar assistência profissional para garantir um tratamento adequado e uma reabilitação eficaz.

Nós da Clínica Vicci em BH oferecemos conforto, atendimento exclusivo, diagnóstico preciso e toda a atenção necessária para o ajudar a tratar ombro deslocado.

Entre em contato conosco e agende sua consulta!

Leave a comment