Skip links
O que é recovery e por que usar para recuperação muscular?

O que é recovery fisioterapia esportiva?

Recovery o que é? Recovery é uma palavra cada vez mais comum entre praticantes de atividades físicas, sobretudo atletas profissionais, amadores e até mesmo aqueles praticantes de final de semana de alguma modalidade. 

Com o avanço da tecnologia, novas metodologias, aparelhos e até mesmo práticas estão sendo criadas e empregadas para auxiliar esses atletas. Quando o assunto é recuperação, as práticas de recovery estão em alta.

Neste conteúdo, você vai entender exatamente o que é recovery, bem como saber a importância deste processo para a recuperação muscular e ainda compreender como começar a contar com essa prática em seu dia a dia.

O que você vai ver neste conteúdo sobre recovery:

  • O que é recovery esportivo. 
  • Importância da recuperação muscular. 
  • Como o recovery funciona. 
  • Práticas de recovery adotadas de forma frequente. 
  • Por que o recovery não substitui a fisioterapia?
  • Técnicas de recovery disponíveis na Clínica Vicci.
  • Melhor momento e melhor forma para começar as ações de recovery.  

O que é recovery fisioterapia?

Recovery é o nome dado aos processos utilizados para reduzir e tratar dores musculares que surgem durante ou imediatamente após treinamentos, competições e práticas esportivas. Assim como o próprio nome sugere, visto que a tradução de recovery é recuperação, estamos falando de tecnologia que auxiliam atletas nesse objetivo. 

Por que é preciso recuperar a musculatura?

Durante uma prática esportiva, toda estrutura muscular é exigida. As lesões musculares podem ocorrer por vários motivos, inclusive vale a pena conferir o conteúdo que preparamos explicando como se livrar de lesões musculares recorrentes, no entanto, as microlesões acontecem de forma mais frequente, sendo as causadoras das famosas dores do dia seguinte.

Essas microlesões normalmente estão relacionadas com a liberação de substâncias, como as prostaglandinas, que são responsáveis pela dor e podem evoluir para quadros de estresse muscular. 

Esses casos são comuns principalmente em atletas, que realizam movimentos muitas vezes e demandam esforços demasiados, sobretudo de áreas como coxas e braços. 

A partir dessas microlesões surgem edemas e inchaços, que podem ser pequenos ou mesmo maiores, indicando quadros mais graves de inflamação e lesões mais sérias.

Já sabemos que questões como uma boa alimentação e uma boa rotina de repouso são elementos fundamentais para a recuperação muscular. No entanto, com o recovery é possível executar ações ativas para auxiliar este tratamento e essa recuperação. 

Como o recovery funciona na prática

As várias técnicas de recovery atuam para acelerar o processo de recuperação do tecido muscular e melhorar a eliminação das toxinas metabólicas.

Essas técnicas e metodologias ajudam a fazer com que os músculos retornem ao estágio pré-exercício, diminuindo de forma considerável as dores locais, aumentando a prevenção de lesões mais graves, e, principalmente, preparando o atleta para prática de exercício novamente com maior rapidez.

Recovery muscular e recovery esportivo: Algumas práticas adotadas nesse processo:

Existem muitas técnicas que podem ser utilizadas para o processo de recovery, entre elas podemos citar:

  • Crioterapia local.
  • Recuperação ativa. 
  • Massoterapia. 
  • Contraste. 
  • Alongamentos. 
  • Compressão. 
  • Tratamentos com laser.
  • Liberação miofascial

Abaixo, vamos explicar como funcionam as 4 técnicas mais comuns. 

  • Crioimersão: imersão em banheira com gelo ou água gelada, que pode variar entre 8-10 graus por 10 minutos. Essa ação é importante para controle inflamatório e alívio da dor. 
  • Compressão: muito utilizada em meias de compressão, o processo de compressão do tecido muscular resfriado ou não é importante pois atua sobre o retorno venoso, aumentando o fluxo sanguíneo e removendo de forma mais ágil os resíduos metabólicos resultantes da atividade muscular
  • Liberação miofascial: é um procedimento que visa amenizar as dores musculares causadas por tensão, isso acontece a partir do trabalho no tecido conjuntivo que recobre o músculo
  • Repouso: apesar de já conhecido, o sono é um dos principais agentes do processo de recuperação muscular. Durante o sono, sobretudo de qualidade, são secretados hormônios que auxiliam muito na reparação tecidual.

Não substitui a fisioterapia

Antes de você conhecer as técnicas de recovery que estão disponíveis aqui na Clínica Vicci é importante deixar claro que todas essas técnicas não excluem a necessidade de um acompanhamento e eventualmente de sessões de fisioterapia para o tratamento de lesões e prevenção das mesmas. 

O ideal é que esses procedimentos atuem em conjunto. Afinal, ter um acompanhamento profissional para entender o avançar de uma lesão ou mesmo para entender o nível de estresse muscular é algo primordial para todo o processo de prevenção de lesões e também de recuperação em momentos posteriores a um procedimento cirúrgico. 

Quais são os benefícios do Recovery?

A fisioterapia de recuperação, ou fisioterapia de recuperação pós-exercício, é uma abordagem que visa otimizar o processo de recuperação após a prática de atividade física intensa. Ela envolve estratégias específicas para reduzir a fadiga, prevenir lesões e promover a recuperação muscular e articular. Aqui estão alguns dos benefícios associados à fisioterapia de recuperação:

  1. Redução da Dor Muscular: A fisioterapia de recuperação pode incluir técnicas para aliviar a dor muscular pós-exercício, como massagem, terapia manual e modalidades de calor e frio.
  2. Diminuição do Inchaço e Inflamação: Estratégias de recuperação, como compressão e crioterapia (uso de gelo), podem ajudar a reduzir o inchaço e a inflamação associados ao exercício intenso.
  3. Melhora da Flexibilidade e Amplitude de Movimento: Exercícios de alongamento e mobilização articular podem ser incorporados para melhorar a flexibilidade e a amplitude de movimento, reduzindo a rigidez muscular.
  4. Prevenção de Lesões: A fisioterapia de recuperação pode contribuir para a prevenção de lesões ao identificar áreas de tensão ou fraqueza muscular e implementar exercícios corretivos.
  5. Reabilitação de Lesões Existentes: Para aqueles que têm lesões prévias, a fisioterapia de recuperação pode ajudar na reabilitação, adaptando exercícios para garantir uma recuperação segura.
  6. Melhora do Fluxo Sanguíneo e Cicatrização: Técnicas como a terapia de compressão e a elevação das pernas podem promover o aumento do fluxo sanguíneo, favorecendo a entrega de nutrientes e a remoção de resíduos metabólicos.
  7. Aceleração da Recuperação Muscular: O uso de técnicas específicas, como massagem e liberação miofascial, pode ajudar na recuperação muscular, diminuindo a tensão e a dor.
  8. Melhora da Consciência Corporal: A fisioterapia de recuperação muitas vezes inclui exercícios que promovem a consciência corporal, ajudando os indivíduos a entenderem melhor como seu corpo responde ao exercício.
  9. Abordagem Holística para o Bem-Estar: A fisioterapia de recuperação não se limita apenas ao aspecto físico, mas pode incluir orientações sobre descanso, sono adequado, nutrição e hidratação para promover uma abordagem holística ao bem-estar.
  10. Melhora do Desempenho Geral: Ao promover uma recuperação eficaz, a fisioterapia de recuperação pode contribuir para o melhor desempenho em atividades físicas subsequentes, reduzindo a fadiga acumulada.

É importante destacar que as estratégias específicas de fisioterapia de recuperação podem variar com base nas necessidades individuais, no tipo de exercício praticado e nas metas pessoais. Antes de iniciar qualquer programa de fisioterapia de recuperação, é aconselhável consultar um fisioterapeuta ou profissional de saúde para avaliação e orientação personalizada.

Recovery muscular: Quem deve recomendar essas técnicas?

A recomendação de técnicas de recuperação muscular pode variar com base nas necessidades individuais, no tipo de atividade física praticada e nos objetivos específicos. Aqui estão alguns profissionais de saúde e especialistas que podem fornecer orientações e recomendações sobre estratégias de recuperação muscular:

  • Fisioterapeutas: Fisioterapeutas são profissionais de saúde treinados que podem avaliar a condição física de um indivíduo, identificar áreas de tensão muscular e fornecer orientações específicas sobre exercícios de recuperação, terapia manual e outras técnicas.
  • Treinadores Pessoais: Treinadores pessoais que têm conhecimento em fisiologia do exercício podem orientar seus clientes sobre estratégias de recuperação, incluindo alongamentos, exercícios de liberação miofascial e práticas de relaxamento.
  • Médicos do Esporte: Médicos do esporte têm conhecimento em lesões relacionadas ao exercício e podem oferecer orientações sobre estratégias de recuperação, especialmente em casos de lesões musculares ou articulares.
  • Nutricionistas Esportivos: Nutricionistas especializados em esportes podem fornecer orientações sobre a nutrição adequada para a recuperação muscular, incluindo a ingestão de proteínas, carboidratos e outros nutrientes essenciais.
  • Quiropráticos: Quiropráticos podem utilizar técnicas de ajuste e manipulação para melhorar a mobilidade articular e reduzir a tensão muscular, contribuindo para a recuperação.
  • Especialistas em Recuperação Física: Alguns centros especializados oferecem serviços de recuperação física, onde os profissionais podem usar técnicas como crioterapia, terapia de compressão, massagem terapêutica e outras para promover a recuperação muscular.
  • Fisiculturistas e Atletas Profissionais: Atletas profissionais e fisiculturistas muitas vezes têm experiência prática extensa em estratégias de recuperação. Compartilhar experiências e melhores práticas com colegas atletas pode ser uma fonte valiosa de informações.
  • Psicólogos do Esporte: Psicólogos do esporte podem ajudar na gestão do estresse e ansiedade relacionados ao desempenho esportivo, o que pode ter um impacto na recuperação muscular.
  • Massoterapeutas e Especialistas em Massagem Desportiva: Profissionais especializados em massagem desportiva podem fornecer técnicas de massagem específicas para melhorar a circulação sanguínea, reduzir a tensão muscular e promover a recuperação.

Ao buscar orientações sobre estratégias de recuperação muscular, é importante considerar as necessidades individuais, o nível de atividade física, as condições de saúde específicas e outros fatores pessoais. A abordagem mais eficaz muitas vezes envolve uma combinação de diferentes técnicas, adaptadas às circunstâncias e objetivos de cada pessoa.

Recovery na Vicci

Aqui na Vicci, tratamos a recuperação após uma lesão de forma completa. Assim, temos uma equipe de profissionais comprometidos com essa tarefa, isso inclui ortopedistas, fisioretapeutas, nutricionistas, entre outros. Além disso, também contamos com tecnologia de ponta em todos os momentos. 

Alternativas de recovery na Vicci: Game Ready

Quando o assunto é recovery, buscamos excelência neste processo e contamos com toda a tecnologia do Game Ready. Na prática, funciona a partir da combinação entre compressão e crioterapia. 

Essa compressão proporciona um efeito de bombeamento natural, evitando o acúmulo de fluidos e reduzindo a inflamação. Já a crioterapia consiste na aplicação de baixas temperaturas que proporciona a redução da dor e do processo inflamatório, evitando portanto o acúmulo excessivo de fluidos ou edemas.

Essa combinação resulta em um recovery fisioterapia totalmente eficiente e completamente indolor para o paciente. 

Recovery fisioterapia na Vicci: Bota Compressiva

Uma outra solução disponível é a bota compressiva, mais precisamente a Recovery Pump.  Trata-se de uma bota que contém um dispositivo de compressão que age de modo sequencial, agilizando a habilidade natural do corpo para liberar resíduos metabólicos do músculo, sendo utilizada tanto em lesões musculoesqueléticas, como em recuperação após cirurgias.

Este processo acontece por meio de níveis de compressão direcionados. Como resultado, encontramos uma agilidade na recuperação muscular, além da ajuda para aliviar e reduzir a sensação de dores locais, diminuição do nível do edema da lesão e ainda a redução significativa da fadiga muscular.

Sobre essa bota, é preciso destacar que é necessário conhecimento específico, afinal é preciso parametrizar de maneira correta a pressão, o tempo de tratamento e a velocidade de uso para que se obtenha um resultado satisfatório. Dessa forma, o acompanhamento de um profissional é fundamental. 

Agora que você sabe o que é recovery e sabe que aqui na Vicci temos tecnologia e profissionais para te ajudar nessa recuperação, o próximo passo é com você. 

Agende agora mesmo seu contato e entenda como começar a utilizar essa combinação em sua rotina de recuperação e prevenção de lesões. 

Leave a comment