Skip links
homem com tipóia

Tipoia: quando você realmente precisa usar uma

A tipoia é um dos principais objetos utilizados no tratamento de pacientes com alguma lesão nos membros superiores. Mais precisamente, quando o objetivo é imobilizar ombros, braços e mãos, esse equipamento é sempre indicado por ortopedistas e também por fisioterapeutas. 

No entanto, mesmo sendo um dos principais imobilizadores de uso médico, ainda existem alguns mistérios acerca deste equipamento. Por isso, nesse artigo vamos explicar alguns conceitos essenciais para te ajudar em um momento que for necessário o uso da tipoia. 

O que é tipoia?

De uma forma bem simples, podemos dizer que a tipoia é um tipo de instrumento imobilizador que proporciona suporte para as estruturas dos braços. Sua composição é bem simples, afinal, trata-se de faixa que passa ao redor do pescoço e envolve todo o braço, possibilitando a imobilização e garantindo que não fique solto. 

Sobre essa composição, vale a pena destacar que, atualmente, já é possível encontrar modelos que possuem uma segunda faixa, essa passa ao redor das costas, impedindo que o braço se afaste do tronco.  

Para que serve a tipoia?

A função primordial da tipoia é fazer com que o indivíduo não tenha que fazer força para sustentar o braço, impedindo que seja preciso esforço no ombro, ou mesmo no antebraço. 

Além de garantir estabilidade, a tipoia também é importante para a prevenção do aparecimento das tradicionais dores e sensações de formigamento após lesões nos ombros e braços, visto que é essencial para estimular a circulação de sangue de forma realmente eficiente e saudável.

Pode dormir com a tipoia no braço?

Para que a recuperação tenha bom resultado, o paciente precisa utilizar a tipoia 24 horas por dia, inclusive à noite ao dormir. A recomendação mais difundida é retirar apenas para o banho e para a execução de exercícios durante as sessões de fisioterapia focadas na recuperação do ombro ou braço machucado.

Já que é necessário utilizar esse imobilizador para dormir, precisamos falar que esse é um dos principais desafios de quem precisa usar a tipoia, visto que é difícil encontrar uma possível de conforto. Inclusive, é comum escutarmos relato de paciente que escolheu dormir sentado para não afetar o uso desse equipamento. 

Essa dificuldade é real, afinal quando deitamos, o braço tende a cair para trás, fazendo com que a dor no braço aumente. Uma dica importante para ajudar nesse momento é utilizar um travesseiro ou uma toalha enrolada atrás no braço para evitar justamente esse movimento. 

Pode tirar a tipoia para dormir?

Dormir com a tipoia no braço pode depender do tipo de lesão, do conselho médico específico e da recomendação do profissional de saúde. Em alguns casos, o uso da tipoia durante o sono pode ser necessário para imobilizar adequadamente o braço e permitir a recuperação adequada.

No entanto, em outras situações, pode ser recomendado remover a tipoia durante o sono para permitir maior conforto e circulação sanguínea adequada. É essencial seguir as orientações do médico ou fisioterapeuta responsável pelo tratamento para garantir uma recuperação segura e eficaz. Portanto, é importante consultar um profissional de saúde para obter a recomendação correta para o seu caso específico.

 

Tipos de tipoia e quando devo usar tipoia?

Diferentemente do que muita gente pensa, não existe apenas um tipo de tipoia. A seguir, vamos apresentar os dois tipos e as suas características. 

Tipoias simples – tipoia para braço

Essas são as tipoias mais conhecidas e mais utilizadas por pacientes que sofreram algum trauma nos ombros e braços. Como falamos, sua principal atribuição é manter o antebraço imobilizado, concentrado na região próxima ao abdômen, com a mão voltada para o outro braço e encostada na barriga, e o braço formando um ângulo de 90º. 

Esse tipo de tipoia geralmente é recomendado para pacientes que estão em processo de recuperação de fraturas, reabilitação de cirurgias, luxações e outros quadros médicos. 

A tipoia simples pode ser apenas uma camada de tecido normal ou o modelo estofado, que é tradicionalmente conhecido como Velpeau.

Vale destacar que, mesmo sendo um tipo simples, seu uso deve ser prescrito por um ortopedista que irá determinar qual a melhor tipoia para ombro para o seu caso. Esse médico é capaz de informar o prazo de uso necessário, contando com a ajuda de um fisioterapeuta para analisar a evolução da recuperação. 

Tipoias funcionais com almofada

O segundo tipo de tipoia possui uma almofada para fazer a sustentação do braço, deixando-o um pouco mais afastado do abdômen. Esse suporte deve ser posicionado na lateral da região abdominal e nunca sobre a barriga. 

Quando comparamos com o primeiro tipo, percebemos que o paciente fica sempre com a mão apontada para frente. Quanto ao uso, na maioria das vezes as tipoias funcionais são usadas no período pós-operatório de cirurgias do manguito rotador.

Quando é necessário usar uma tipoia?

Como falamos, a tipoia é fundamental para reabilitação mais rápida e confortável em casos de fraturas e lesões ortopédicas, especialmente em situações que envolvem ossos quebrados, dores musculares e até mesmo em casos de ruptura de ligamentos. 

Abaixo, listamos algumas situações que, normalmente, é indicado o uso desse instrumento:

  • Fratura da clavícula.
  • Luxação do ombro
  • Fratura do ombro
  • Cirurgia do manguito Rotador
  • Fraturas do braço (Úmero)
  • Fraturas do cotovelo
  • Fraturas do antebraço
  • Fraturas do punho
  • Fraturas do mão.
  • Sequelas de AVC

Como saber o tamanho correto da tipoia?

Uma dúvida muito comum diz respeito ao uso da tipoia, mais precisamente o tamanho adequado para utilização. Na prática, essa informação deve ser passada pelo ortopedista ou fisioterapeuta na hora de imobilizar pela primeira vez o ombro do paciente. 

No entanto, existem algumas boas práticas e dicas para seguir. 

A dica de especialistas é medir a distância entre a ponta do quinto dedo até a ponta do cotovelo, afinal, a distância pode ajudar a entender o tamanho necessário para cada paciente. 

Porém, é preciso sempre considerar que cada fabricante possui um molde e esse padrão pode não ser aplicado para todos os modelos. Além disso, é preciso lembrar que a maioria das tipoias apresenta a faixa que passa por trás das costas, isso quer dizer que, dependendo do tamanho da circunferência abdominal do paciente, mudanças nessa fórmula podem ser vistas. 

No fim das contas, o melhor caminho é sempre experimentar a tipoia antes de comprá-la e entender junto ao seu médico se esse é o tamanho correto.

Como colocar tipoia em braço quebrado corretamente?

Além de dormir, colocar a tirar a tipoia é um outro desafio presente na rotina de quem precisa usar esse equipamento. Para ajudar nesta prática, vamos apresentar o passo a passo para você colocar corretamente com e sem ajuda. 

Como colocar a tipoia com ajuda de uma outra pessoa: 

Passo 1: manter o cotovelo fletido, segurando por baixo do punho com a outra mão

Passo 2: pedir para a pessoa ajustar a regulagem da tipoia, encontrando o tamanho correto e prendendo os velcros.

Passo 3: ajustar a tira que passa no pescoço, permitindo que o braço forme um ângulo de 90 graus ou ligeiramente mais para cima para evitar inchaço.

Passo 4: ajustar a tira que passa por trás das costas e ligar na frente da tipoia.

Como colocar a tipoia quando não contar com ajuda de outra pessoa

Passo 1: colocar a bolsa de sua tipoia aberta sobre um travesseiro, ajustando bem o braço, focando principalmente na estabilidade. 

Passo 2: prender os velcros.

Passo 3: manter o braço apoiado no travesseiro, passando a tira por cima do ombro e prendendo com cotovelo a 90 graus. 

Passo 4: passar a outra tira por trás das costas e prender na frente (ou atrás) da tipoia, dependendo do modelo.

Ajuda profissional para usar a tipoia

Como vimos, a tipoia é um equipamento que faz parte do processo de recuperação de lesões nos ombros e braços. Por conta disso, deve ser utilizada em conjunto com outros tratamentos, como exercícios.

Dessa forma, o fisioterapeuta exerce papel fundamental. Esse profissional é capaz de orientar sobre a utilização correta da tipoia e ainda indicar o modelo ideal. Por isso, se você acha que é preciso utilizar esse imobilizador para recuperação, entre em contato com a Vicci e marque seu horário junto à nossa equipe. 

Leave a comment