Skip links
Treinamento funcional

Treinamento funcional: o que é e quais as vantagens?

Fazer atividade física é uma prática buscada por pessoas por vários motivos. Algumas escolhem fazer algum esporte por gostar da prática, outras escolhem para objetivos como ter mais qualidade de vida ou mesmo controlar o sobrepeso. Nesse sentido, o treinamento funcional é sempre lembrado quando o objetivo é trabalhar uma região ou grupo muscular específico.

Atualmente, o treinamento funcional é uma realidade em boa parte das cidades brasileiras. Academias, estúdios e até clubes já oferecem essa modalidade, afinal, suas vantagens são conhecidas e já vistas. Porém, muitas pessoas ainda não sabem o que é treinamento funcional.

Neste conteúdo, vamos explorar todos os detalhes acerca do treinamento funcional. Você vai entender exatamente o que é, quais as vantagens, como começar e inclusive os cuidados que precisa ter. Leia até o final e entenda tudo isso:

O que é treinamento funcional?

Treinamento funcional é o nome dado à atividade física que utiliza exercícios aplicados e específicos para melhorar a execução de ações cotidianas. Acredita-se que esse conceito explica o nome funcional.

Na prática, estamos falando de um treinamento que contempla ações recorrentes no dia a dia, como correr, pular, agachar, puxar, para um objetivo que pode ser melhorar o condicionamento físico, aumentar a força muscular, entre outros. 

Acredita-se que o treinamento funcional tenha sido criado por um grupo de fisioterapeutas com o objetivo de potencializar a recuperação de pacientes após uma lesão. 

Diferença para outros tipos de treinamentos

Quando olhamos para as diferenças entre o treinamento funcional e outras atividades, como a própria musculação, podemos destacar a intensidade dessa modalidade, algo que vamos comentar nos próximos capítulos, e sobretudo, o foco em movimentos livres e naturais do corpo. 

Quem prefere atividades mais dinâmicas, tende a ter uma adaptação mais natural ao treinamento funcional do que aos exercícios tradicionais da musculação. 

Como funciona o treinamento funcional?

O treinamento funcional tem como principal característica a utilização de exercícios que exigem o trabalho de diversos músculos e regiões do corpo ao mesmo tempo. Aliás, esse é um ponto de grande diferença para os exercícios localizados que são tradicionalmente realizados em uma sala de musculação.  

O treinamento funcional acontece a partir de uma trilha de exercícios focados em trabalhar força, equilíbrio, flexibilidade, condicionamento, resistência e agilidade, utilizando movimentos naturais do corpo humano. 

Uma das principais características sobre o funcionamento deste treinamento é o seu dinamismo. Os exercícios podem utilizar apenas o peso do corpo ou contar com aparelhos e equipamentos para ampliar a ação dos movimentos naturais. 

Exercícios funcionais 

Para que você entenda como funciona um treinamento funcional, separamos alguns exercícios que normalmente constam neste treinamento, confira quais são:

  1. Agachamento: importante para trabalhar toda a parte inferior do corpo. 
  2. Swing unilateral com Kettlebell: exercício complementar ao agachamento. 
  3. Prancha: um dos mais tradicionais, consiste em manter o corpo parado em uma determinada posição, é fundamental para trabalhar equilíbrio e os músculos da região abdominal, lombar e pélvica. 
  4. Burpees: outro exercício muito comum, é conhecido por ser muito simples e um dos mais completos, afinal, trabalha a capacidade cardiorrespiratória da pessoa e diferentes músculos.
  5. Abdominal: também muito comum, é fundamental para trabalhar nesta região. 
  6. Corrida: encontrada em diferentes tipos e modalidades, inclusive parada, é fundamental para o desenvolvimento da capacidade cardiorrespiratória.   

Quais as vantagens do treinamento funcional

A seguir, listamos as 4 principais vantagens do treinamento funcional para que você entenda, veja:

1. Foco na memória muscular

Um dos princípios do treinamento funcional é fazer com que seu corpo entenda a forma correta de executar uma ação simples do dia a dia, como correr, pular, agachar ou carregar algo. 

A repetição é fundamental para que o movimento fique responsivo e correto, portanto, a memória muscular é um dos focos do treinamento funcional. Esse fato é importante para estimular que a força muscular seja incentivada a partir da boa realização de cada movimento. 

2. Importante para a perda de peso 

Uma das principais vantagens do treinamento funcional é sua eficiência quando o objetivo é perder peso. Exercícios de intensidade elevada e de repetição assentada são eficientes neste processo e estão muito presentes durante uma sessão deste treinamento.  

3. Ajuda na recuperação de lesões 

Como falamos, o treinamento funcional é um aliado de das sessões de fisioterapia em um processo de recuperação de lesões, sobretudo antes da volta à prática esportiva de maior intensidade. 

Muitos exercícios realizados durante uma sessão de funcional possuem baixo impacto, por isso, podem ser utilizados tanto por praticantes iniciantes, quanto por quem possui algum tipo de limitação ou mesmo está em processo de recuperação. 

4. Fundamental para o condicionamento físico 

Muitas pessoas procuram o treinamento por conta da capacidade de melhorar o condicionamento físico sem que seja necessário causar um demasiado estresse no corpo. Essa vantagem possui muita relação com a capacidade de ajuda na recuperação de lesões. 

Muitos exercícios do treinamento funcional exigem velocidade nas execuções e um tempo grande de permanência em cada posição dos exercícios, assim, além de ser um ótimo treinamento para o sistema cardiorrespiratório também contribui para o preparo físico.

Esse tipo de treinamento é indicado para quais pessoas?

O treinamento funcional não possui um público certo, isso quer dizer que é recomendado para qualquer pessoa que deseja se beneficiar com algumas das vantagens que citamos acima, ou mesmo para quem deseja incluir mais uma boa atividade em sua rotina.

Existem diferentes tipos de treinamentos, variando de acordo com a intensidade e também de acordo com a dificuldade de realização de cada movimento.

Atividades de intensidade elevada são indicadas para pessoas que desejam aperfeiçoar a condição física ou mesmo que estão em um objetivo de perda de peso. Além disso, ainda é muito aplicado para atletas, afinal, inclui movimentos naturais presentes em rotinas de treinos e competições.

Por outro lado, um treinamento funcional de baixa intensidade pode ser indicado para quem deseja cuidar da saúde e ter qualidade de vida, inclusive idosos e pessoas com alguma limitação, afinal, a partir desses exercícios é possível estimular e melhorar força, equilíbrio, respiração e agilidade.   

Cuidados antes de começar em um treinamento funcional 

É sempre necessário lembrar que antes de começar qualquer prática esportiva é preciso procurar um médico. Realizar exames para entender se você está apto para realizar um treinamento é essencial para evitar complicações durante a prática. 

Além do aval médico antes de começar a praticar uma atividade física, inclusive o treinamento funcional, o acompanhamento é fundamental neste processo. Realizar consultas periódicas é um processo essencial para entender a resposta do corpo ao tipo de treinamento, bem como entender como está o desenvolvimento de lesões.

Aqui na Vicci, você encontra uma equipe focada em fazer com que você tenha mais qualidade de vida no seu dia a dia. Com a ajuda de profissionais diversos, como fisioterapeutas, ortopedistas, educadores físicos, é possível entender os impactos de atividades em seu corpo.

Se o seu objetivo é começar uma atividade física para se recuperar de uma lesão, esse acompanhamento é ainda mais importante. Você viu que o treinamento funcional é uma ótima alternativa, porém, precisa ser assistido e acompanhado para que não ocorra uma complicação.

Agende seu horário aqui na Vicci agora mesmo e tenha toda a ajuda necessária para ter mais qualidade de vida e saúde em seu dia a dia.

Entre em contato

Leave a comment