Skip links
Vitamina D: entenda a importância para seus músculos e organismo

Vitamina D: a melhor vitamina para os músculos

Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre a vitamina D. Normalmente, esse assunto surge acompanhado da afirmação sobre a necessidade da exposição aos raios de sol para que o corpo assimile essa vitamina.

No entanto, a vitamina desse grupo vai muito além disso, inclusive, com outras fontes ricas deste nutriente. Fato é que a demanda do corpo por essa vitamina é cada vez mais comprovada, sendo inclusive muito citada quando falamos em recuperação muscular e saúde dos músculos e do organismo como um todo. 

Neste conteúdo vamos apresentar alguns detalhes essenciais para que você compreenda a importância da vitamina D quando olhamos para nossos músculos. Além disso, vamos deixar dicas sobre rotinas e um plano alimentar que contemple alimentos ricos neste nutriente. Acompanhe:  

O que é a vitamina D?

Muito mais que uma vitamina, a vitamina do tipo D atualmente já é considerada um hormônio, afinal é produzida pelo próprio corpo humano. É importante para a saúde óssea, crescimento, imunidade, funcionamento do sistema cardiovascular e nervoso central, além dos músculos e de todo o metabolismo. 

Olhando para a questão técnica, podemos dizer que a vitamina D é o nome dado à molécula que apresenta quatro anéis de colesterol quando há exposição da pele aos raios solares. Por esse motivo, esse tipo de vitamina entra no grupo das vitaminas lipossolúveis, isso quer dizer que é constituída de isopreno e solúveis em gordura.  

A metabolização desta vitamina acontece no fígado e nos rins, que são os órgãos responsáveis por transformá-la em sua forma ativa. Ao alcançar este patamar, esse tipo de vitamina pode ser absorvida e utilizada pelo corpo em diversas funções essenciais

No próximo capítulo, você vai entender exatamente a função dessa vitamina no organismo humano, porém, antes, é preciso destacar que existem dois tipos de vitamina D. Veja quais são:

  • Vitamina tipo D3: também chamada de colecalciferol, é a forma mais comum dessa vitamina, aquela que é produzida pelo corpo humano. Além disso, também pode ser adquirida a partir de alguns alimentos. 
  • Vitamina tipo D2: ou simplesmente ergocalciferol, é encontrada predominantemente em cogumelos e plantas, principalmente algumas espécies que são expostas de forma demasiada aos raios solares.  

Agora que você realmente sabe o que é a vitamina D, vamos avançar e explicar quais são as funções dessa vitamina. Confira: 

Qual é a função dessa vitamina no organismo?

Já comentamos sobre a importância da vitamina D para o corpo humano, agora vamos explorar alguns detalhes. Para começarmos, é necessário destacar que esse hormônio é fundamental para a absorção de cálcio, sendo essencial para todo o processo de formação óssea, bem como o desenvolvimento, recuperação e crescimento dos nossos ossos. 

Além disso, vale destacar a importância para a imunidade do corpo humano. Diversos estudos apontam que a deficiência de vitamina do tipo D é um dos fatores mais relevantes para o desenvolvimento de quadros e condições como: diabetes melito tipo 1, alergias alimentares de diversas formas e neoplasias. 

Assim, podemos dizer que a vitamina D é um importante modulador de todo o sistema imune do corpo humano. Dessa forma, essa vitamina é um dos pilares para a prevenção de doenças autoimunes como diabetes melito tipo 1 (que citamos acima), esclerose múltipla, doença inflamatória intestinal, lúpus eritematoso sistêmico e artrite reumatoide. 

Outra função em destaque está relacionada ao sistema cardiovascular. É provado que a vitamina D é um dos hormônios essenciais para evitar doenças relacionadas e quadro relacionados ao coração, visto que atua no controle da hipertensão arterial sistêmica e também no combate à obesidade.

Outros processos que servem para entendermos a função da vitamina D no corpo humano são:

  • Atuação direta no processo de metabolismo do colágeno. 
  • Auxílio direto no controle do magnésio em nosso organismo.
  • Importante na dispensa de insulina pelo pâncreas e da prolactina pela hipófise. 

Importância da vitamina D para os músculos

Além de todos os detalhes que falamos sobre a importância da vitamina D para o organismo e questões como controle de doenças, precisamos destacar que é um nutriente essencial para a recuperação e construção muscular, principalmente após a prática de exercícios físicos. 

Essa importância ficou comprovada em um estudo feito por um grupo de especialistas da Espanha e comentado aqui no Brasil por alguns portais focados em saúde e bem-estar. 

De acordo com os estudos, a vitamina D é essencial para o processo de redução do dano muscular após treinos, visto que desempenha função primordial na modulação de funções imunológicas e na recuperação da inflamação causada pela atividade física.

A pesquisa concluiu que atletas, sejam amadores ou profissionais, que contam com níveis acima de cerca de 30 ml de vitamina D no organismo tendem a ter uma recuperação mais ágil após treinos e práticas físicas.

Além disso, a pesquisa ainda identificou que esses atletas também se destacam quando o assunto é ganho de massa muscular, a tradicional hipertrofia. Por fim, ainda ficou provado que dores musculares são menos frequentes em quem está com o estoque de vitamina D alto no corpo.

De fato, a vitamina D já é considerada uma das maiores aliadas de atletas ou mesmo de praticantes esporádicos de esportes e atividade físicas. Diversos indícios apontam que é um dos elementos mais importantes para o processo natural do corpo para evitar lesões, fraturas e mesmo para aliviar dores musculares.

Isso acontece por conta da importância da vitamina D na absorção de cálcio e fósforo. Como já falamos sobre a relação com a saúde óssea, vale destacar que o fósforo é elemento primordial na saúde dos músculos.  

Benefícios desta vitamina para os músculos

Para sintetizarmos toda a relação entre a vitamina D e o sistema muscular, preparamos uma lista com as 7 principais vantagens, confira:

  1. Aumento de força muscular: atua na formação de fibras musculares, dessa forma, é essencial para o aumento de força. 
  2. Reduz os efeitos da Sarcopenia: sarcopenia pode ser entendida como a alteração da musculatura esquelética, sobretudo relacionada à redução da força e redução da massa muscular secundária, diante do processo de envelhecimento. A falta dessa vitamina potencializa essa condição, causando atrofia e a fraqueza dos músculos. 
  3. Essencial para recuperação muscular após lesões: quem passa por um processo de recuperação de lesões, precisa estar em dia com os níveis de vitamina D. Essa vitamina é fundamental para fazer com que o corpo assimile a lesão e volte a entender movimentos musculares. 

Vitamina para músculos: Quais vitaminas tomar para fortalecer os músculos?

Além da vitamina D, que desempenha um papel importante na saúde óssea e muscular, existem outras vitaminas e minerais que são essenciais para a função muscular e o fortalecimento do sistema musculoesquelético. Aqui estão algumas vitaminas e minerais relevantes para a saúde muscular:

  • Vitamina K: A vitamina K está envolvida na regulação do cálcio nos tecidos, incluindo os ossos. Pode ajudar na mineralização adequada dos ossos, favorecendo a saúde muscular.
  • Vitamina C: A vitamina C é importante na formação de colágeno, uma proteína que contribui para a estrutura dos tecidos conjuntivos, incluindo tendões e ligamentos.
  • Vitamina E: A vitamina E tem propriedades antioxidantes e pode ajudar a proteger as células musculares contra o estresse oxidativo induzido pelo exercício.
  • Vitamina B6 (Piridoxina): A vitamina B6 desempenha um papel na síntese de proteínas e pode influenciar a função muscular. É importante para o metabolismo de aminoácidos.
  • Vitamina B12 (Cobalamina): A vitamina B12 é essencial para a formação de glóbulos vermelhos e a saúde do sistema nervoso, o que é relevante para a função muscular.
  • Cálcio: O cálcio é fundamental para a contração muscular e a transmissão de impulsos nervosos. Além de vitamina D, a vitamina K também pode influenciar o metabolismo do cálcio.
  • Magnésio: O magnésio desempenha um papel crucial na contração muscular e é necessário para a síntese de ATP, a principal fonte de energia para as células.
  • Zinco: O zinco é necessário para o crescimento e reparo dos tecidos, incluindo os músculos. Também desempenha um papel na função imunológica.
  • Ferro: O ferro é essencial para o transporte de oxigênio no sangue. A deficiência de ferro pode levar à fadiga muscular.

É importante obter vitaminas e minerais por meio de uma dieta equilibrada e variada. Se você tiver dúvidas sobre a necessidade de suplementos, é recomendável consultar um profissional de saúde, como um nutricionista ou médico, para avaliação e orientação personalizada. A suplementação deve ser feita com cuidado, levando em consideração as necessidades individuais e evitando doses excessivas.

O que fazer para aumentar o nível de vitamina D no organismo?

Começamos este conteúdo falando sobre a relação da vitamina D com a exposição aos raios solares. Embora essa não seja a única forma de obter essa vitamina, é um dos caminhos mais precisos. Logo, a exposição ao sol, sobretudo nos braços e pernas por 20 minutos ao dia, pode ser uma boa prática. 

Além disso, ainda é possível incluir vitamina D em seu plano alimentar, a partir de alimentos ricos nessa vitamina. Essa vitamina está presente em alimentos de origem animal e também em alguns cogumelos. Entre eles, vale destacar o salmão.

Qual a melhor vitamina para recuperação muscular?

Não há uma única vitamina que seja considerada a melhor para recuperação muscular, pois a recuperação muscular envolve uma interação complexa de vários nutrientes. Em vez de focar apenas em uma vitamina, é importante garantir uma ingestão equilibrada de nutrientes essenciais para promover a recuperação eficaz. Aqui estão alguns nutrientes importantes para a recuperação muscular:

  1. Proteína: Não é uma vitamina, mas a proteína é crucial para a recuperação muscular, pois fornece os aminoácidos necessários para a reparação e crescimento muscular. Fontes incluem carnes magras, ovos, laticínios, legumes e suplementos proteicos.
  2. Vitamina D: Ajuda na absorção de cálcio, essencial para a contração muscular. Uma deficiência de vitamina D pode afetar a saúde muscular.
  3. Vitaminas do Complexo B (B1, B6, B12): Contribuem para a produção de energia e são importantes para o metabolismo muscular. A vitamina B12 desempenha um papel crucial na formação de glóbulos vermelhos.
  4. Vitamina C: Importante para a síntese de colágeno e antioxidante, auxiliando na recuperação de danos oxidativos associados ao exercício.
  5. Vitamina E: Tem propriedades antioxidantes, ajudando a proteger as células contra o estresse oxidativo durante a recuperação.
  6. Cálcio: Essencial para a contração muscular. O cálcio desempenha um papel vital na regulação do ciclo de contração e relaxamento muscular.
  7. Magnésio: Importante para a função muscular, incluindo a relaxamento muscular, e desempenha um papel na síntese de energia.
  8. Zinco: Contribui para a síntese de proteínas e reparo tecidual, sendo importante para a recuperação muscular.
  9. Ômega-3 (Ácidos Graxos Essenciais): Possuem propriedades anti-inflamatórias e podem ajudar na redução da inflamação após o exercício.
  10. Creatina: Não é uma vitamina, mas é um composto natural encontrado em alimentos de origem animal. A creatina auxilia na recuperação muscular e no desempenho durante exercícios de alta intensidade.

É fundamental obter esses nutrientes por meio de uma dieta equilibrada, composta por uma variedade de alimentos naturais. Em alguns casos, suplementos podem ser considerados, mas a orientação de um profissional de saúde, como um nutricionista, é recomendada para garantir uma abordagem adequada e personalizada. Além disso, uma hidratação adequada e a atenção ao descanso são elementos cruciais para a recuperação muscular eficaz.

Aqui na Vicci, você encontra ajuda personalizada, seja para recuperar de uma lesão ou mesmo conseguir melhores resultados. Agora que você entende a importância da vitamina D para os músculos, sabe que é preciso estar em dia com os níveis de vitaminas em seu corpo, por isso, essa ajuda é essencial.

Entre em contato e agende seu horário agora mesmo. 

Leave a comment